• 14/10/2020 11:50
Eleições 2020

Novo suspende candidato a vereador que disse que “tráfico nem devia ser crime”

  • 14/10/2020 11:50
  • PorGazeta do Povo
    Marcelo Castro, candidato a vereador em São Paulo
    Marcelo Castro, candidato a vereador em São Paulo, foi suspenso do partido Novo.| Foto: Reprodução Facebook.

    O partido Novo suspendeu Marcelo Castro, candidato a vereador em São Paulo, que nesta semana, ao comentar a soltura do traficante do PCC, André do Rap, afirmou nas redes sociais que "tráfico nem devia ser crime". "Discordo, mas respeito a decisão do partido. A instituição estará sempre acima da opinião de qualquer filiado", escreveu Castro no Twitter. "A minha opinião de que “tráfico não deveria ser crime” permanece e fico feliz de contribuir neste debate, ainda que tenha me expressado mal", completou. Na segunda-feira (12), a declaração do candidato gerou polêmica entre os partidários. "O tal do “André do Rap” tava preso temporariamente há um ano. A lei é clara: prisão preventiva por mais de 90 dias tem que ser fundamentada. Não foi. Acerta MAM [o ministro do STF, Marco Aurélio Mello]. Ademais, o cara foi preso por tráfico, não por assassinato ou latrocínio. Tráfico nem devia ser crime", escreveu. Ao contrário dos demais candidatos do partido a vereador de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (14) o perfil de Castro não conta no site do partido.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

      Fim dos comentários.