• 09/08/2019 10:59
Citou Moro

Líder do PCC diz que tinha “diálogo cabuloso” com o PT

  • 09/08/2019 10:59
  • PorGazeta do Povo
    pcc-pt-moro
    Em áudio, líder do PCC fala sobre diálogo com o PT prejudicado por Moro| Foto: Evaristo Sá/AFP

    Um líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) revela em áudio que tinha “diálogo cabuloso” com o PT- o partido permaneceu 12 anos na Presidência da República. As conversas seriam de abril deste ano durante a Operação Cravada deflagrada contra o núcleo financeiro da facção. A fala de Alexsandro Roberto Pereira, conhecido como “Elias” ou “Veio”, teria se referido ao ministro como "esse Moro aí, esse cara é um filha da p…, mano”. De acordo com líder do PCC, os “problemas” para a facção começaram quando Moro "foi pra cima do PT" e que havia um "diálogo cabuloso" entre PCC e PT.

    Em nota publicada em seu site, o PT chama o áudio de "armação" e diz que a gravação "vem no momento em que a Polícia Federal está subordinada a um ministro acuado pela revelação de suas condutas criminosas. Quem dialogou e fez transações milionárias com criminosos confessos não foi o PT, foi o ex-juiz Sergio Moro, para montar uma farsa judicial contra o ex-presidente Lula com delações mentirosas e sem provas. É Moro que deve se explicar à Justiça e ao país pelas graves acusações que pesam contra ele".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.