• 14/09/2020 19:26
Após baixas na Lava Jato

PGR cria regras de transição para procuradores que deixarem forças-tarefa

  • 14/09/2020 19:26
    • Gazeta do Povo
    Augusto Aras
    Augusto Aras definiu normas para que procuradores deixem forças-tarefa.| Foto: Evartisto Sá/AFP

    Uma portaria assinada pelo Procurador-Geral da República, Augusto Aras, estabelece regras para o desligamento de procuradores que integram forças-tarefa. As normas fixadas definem que os procuradores terão que fazer a solicitação de saída da equipe com antecedência mínima de trinta dias, além de entregar relatórios que detalhem o acervo da força-tarefa e as metas em curso, informa o portal G1. Esses documentos deve, ser usado, segundo a portaria, para embasar a avaliação sobre a necessidade de recomposição do grupo e para garantir a continuidade das ações. As regras foram criadas após baixas recentes na Lava Jato, com a saída do coordenador da força-tarefa em Curitiba, Deltan Dallagnol, e de um desligamento coletivo em São Paulo.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.