• 24/04/2020 10:38
Repercussão

Ex-integrante da Lava Jato diz que Bolsonaro “nunca foi real apoiador do combate à corrupção”

  • 24/04/2020 10:38
  • PorEstadão Conteúdo
    jair-bolsonaro
    O presidente da República, Jair Bolsonaro| Foto: Marcos Correa

    Ex-integrante da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, Carlos Fernando dos Santos Lima atacou o presidente Jair Bolsonaro após a divulgação da exoneração de Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal (PF). Santos Lima, que trabalhou com o ministro Sergio Moro no Caso Banestado, afirmou que Bolsonaro nunca foi "real apoiador do combate à corrupção". "Moro deve sair. Bolsonaro não é correto, não tem palavra, deixou o ministro sem qualquer apoio no Congresso", escreveu o procurador aposentado. Associações que representam policiais federais também reagiram à troca. Em nota, a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol) lembra que Valeixo é o terceiro diretor-geral da PF nos últimos três anos. "A cada troca ou menção à substituição, uma crise institucional se instala", diz o texto, citando reflexos no combate à corrupção. O presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), Marcos Camargo, disse que o presidente não pode ter "carta branca para destituir, sem critérios claros, os ocupantes das funções".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.