• 14/04/2020 17:29
Doente crônico

Roger Abdelmassih vai para prisão domiciliar por risco de coronavírus

  • 14/04/2020 17:29
    • Estadão Conteúdo
    O ex-médico Roger Abdelmassih
    O ex-médico Roger Abdelmassih foi autorizado pela Justiça a cumprir a pena em casa.| Foto: Senad

    O ex-médico Roger Abdelmassih, condenado a 173 anos de prisão pelo abuso sexual de pacientes, foi autorizado pela Justiça a cumprir a pena em casa. A juíza Sueli Zeraik, da Vara de Execuções Penais de Taubaté, acatou pedido da defesa para que o condenado, que tem 76 anos de idade e um quadro de doenças crônicas, seja levado ao regime de prisão domiciliar por estar em grupo de risco para o coronavírus. A decisão foi publicada nesta terça-feira (14). A previsão é de que o detento deixe a penitenciária de Tremembé, onde está em regime fechado, até o fim da tarde. O pedido de prisão domiciliar foi feito no fim de março, depois que a Justiça autorizou a saída de alguns presos do semiaberto O Ministério Público deve entrar com recurso para que a decisão seja revista.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.