• 21/10/2020 21:11
No Twitter

Sabará acusa Amoêdo e “capangas” após ser expulso do Novo

  • 21/10/2020 21:11
    Filpe Sabará (Novo)
    O candidato a prefeito de São Paulo, Filipe Sabará (Novo).| Foto: Reprodução/Facebook

    O candidato à prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará afirmou que seu "propósito de servir as pessoas de São Paulo segue firme e inabalável, com os ataques que forem", após ser expulso do Novo. A Comissão de Ética do partido investigava supostas irregularidades no currículo do candidato e decidiu pela expulsão nesta quarta-feira (21). No Twitter, Sabará acusou João Amoêdo de estar envolvido indiretamente no processo: "Por ter elogiado algumas medidas do Presidente Bolsonaro e boas ações do gov. federal, a tal da CEP (comissão de ética do Partido) ligada ao Amoedo, criou situações e “aceitou” denúncias (TODAS FALSAS) para me expulsar", diz a mensagem.

    O candidato ainda pontuou que já recorreu antes à Justiça para manter a candidatura e ganhou: "no TRE, o deferimento da candidatura e no TSE, liminar que também possibilita continuar a candidatura". Ele ainda pode recorrer da decisão do partido.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.