• 23/02/2021 13:09
Mercado

Para Temer, Bolsonaro não desrespeitou Lei das Estatais ao trocar comando da Petrobras

  • 23/02/2021 13:09
  • PorEstadão Conteúdo
    Antecessor de Bolsonaro no Planalto, Michel Temer foi convidado a liderar a missão diplomática do Brasil de ajuda ao Líbano.
    Antecessor de Bolsonaro no Planalto, Michel Temer| Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

    O ex-presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (23) que o presidente Jair Bolsonaro não cometeu improbidade administrativa nem desrespeitou a Lei das Estatais, ao intervir na Petrobras. "Se houver diálogo entre representantes dos minoritários e Silva e Luna, resolve isso e o mercado se pacifica", disse o ex-presidente, que fez elogios ao indicado de Bolsonaro como "habilidoso" e "extremamente preparado".

    A declaração ocorre após Bolsonaro indicar o atual diretor-geral da Itaipu, general Joaquim Silva e Launa, para substituir Roberto Castello Branco na companhia. Temer defendeu ainda o diálogo para viabilizar a nova nomeação. "Agora está feito, e feito como está, ideal seria que pessoas se entendessem na Petrobras", disse.

    Para Temer as ações da estatal devem voltar a subir depois da queda acentuada na segunda (22). "No momento em que se solucione a questão da nomeação do novo presidente da Petrobras é claro que as ações, que perderam 20%, 22%, voltam a subir novamente", afirmou o ex-presidente durante evento promovido pela Necton Investimentos.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.