Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

# CBF divulgou protocolo para que torcedores voltem aos estádios, bastando apresentar teste negativo contra a covid-19 ou comprovante de vacinação. Mas estamos prontos para esse retorno?

*) Depois de um ano e meio em que o novo normal foi de estádios em partidas de futebol, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quer trazer os torcedores de volta para os jogos. A instituição divulgou um protocolo para o retorno gradual e quer colocar isso em prática já a partir das próximas semanas.

Segundo as regras propostas, os torcedores precisarão apresentar testes negativos contra a covid-19 ou comprovar que tomaram todas as doses da vacina. Além disso, é preciso uma aprovação dos conselhos técnicos dos campeonatos e também das autoridades locais.

Só que esse o momento para a volta aos estádios? De um lado, há o avanço significativo da vacinação em todo o país. Do outro, o temor do surgimento de uma nova onda causada pela expansão da variante Delta, considerada muito mais transmissível. No meio disso tudo, tentativas não tão antigas assim que mostraram que a fiscalização não deu tão certo na prático quanto foi prometido na teoria.

Para discutir essa questão, o podcast 15 Minutos recebe Júlio Filho, editor do site UmDois Esportes, que detalha melhor a proposta da CBF e os prós e contras da medida.

***

O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Durval Ramos; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]