Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Aviação apresenta a menor crescimento anual desde abril de 2010.
Aviação apresenta a menor crescimento anual desde abril de 2010.| Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O governo federal já notificou a área de portos, aeroportos e fronteiras da Agência Nacional de Vigilâncias Sanitária (Anvisa) para adotar medidas de prevenção contra entrada do coronavírus no Brasil e uma eventual epidemia da doença no país. A pneumonia causada pelo coronavírus já provocou mortes na China e foi confirmado o primeiro caso nos Estados Unidos. No Brasil, a Secretaria de Saúde de Minas Gerais chegou a noticiar o caso de uma paciente internada em BH e suspeita de ter contraído a infecção em viagem a Xangai, entretanto o Ministério da Saúde negou a suspeição pouco depois, informando que o caso não se enquadra na definição estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A área de Vigilância Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e as secretarias estaduais e municipais de Saúde também foram notificadas para seguir as medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O ministério informou, em nota, que está monitorando a situação e, assim que houver definição da situação de emergência pela OMS, a pasta tomará as medidas cabíveis e passará novas orientações.

Segundo o Ministério da Saúde, é recomendada cautela para se evitar medidas restritivas e desproporcionais em relação aos riscos para a saúde e trânsito de pessoas, bens e mercadorias. A nota do governo acentua que, até o momento, não há detecção de nenhum caso suspeito no Brasil de pneumonia indeterminada relacionado ao evento da China.

"A pasta tem realizado monitoramento diário da situação junto à Organização Mundial da Saúde (OMS), que acompanha o assunto desde as primeiras notificações de casos, em 31 de dezembro de 2019", informa o ministério. "As informações disponíveis até o momento são limitadas para determinar risco geral de surto relacionado à doença. Os casos estão restritos a trabalhadores ou visitantes de um mercado atacadista de peixes e animais vivos na cidade Wuhan, na China."

Quais são os sintomas do coronavírus e as medidas preventivas

Os sinais e sintomas da pneumonia indeterminada são principalmente febre, dor, dificuldade em respirar em alguns pacientes e infiltrado pulmonar bilateral.

Embora a causa da doença e do mecanismo de transmissão sejam desconhecidos, no Brasil, o Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de infecções respiratórias agudas. Entre as orientações estão:

1) Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas.

2) Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente.

3) Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas e criações.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]