Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

- Após o recesso parlamentar, CPI da Covid-19 retoma os trabalhos nesta terça-feira (3); casos de corrupção envolvendo compra de vacinas devem seguir no alvo dos senadores

*) A partir desta terça-feira (03), as sessões da CPI da Covid-19 no Senado estarão de volta. A Comissão Parlamentar de Inquérito que agitou o cenário político desde o início dos trabalhos parou as reuniões durante o período do recesso parlamentar.

Na volta, a expectativa é por novos depoimentos, quebras de sigilos e, claro, bate-bocas e polêmicas.

Este episódio do podcast 15 Minutos recebe o Olavo Soares, repórter da Gazeta do Povo em Brasília, que acompanha a CPI desde o início. Ele analisa os próximos passos da Comissão, nesta retomada dos trabalhos.

Polêmicas antes mesmo do reinício da CPI da Covid-19

Antes mesmo da retomada das reuniões, uma nova polêmica já surgiu na CPI da Covid-19.

Relator da Comissão, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) aliou-se ao senador Humberto Costa (PT-PE) para requisitar um inédito pedido de quebra de sigilo bancário de um veículo de imprensa.

O requerimento que pede a quebra de sigilo bancário da Jovem Pan é um entre os 135 a serem apreciados na 38.ª reunião da CPI, marcada para o dia 3, na retomada dos trabalhos da comissão, que está em recesso.

Além disso, a CPI da Covid-19 pautou também para terça-feira (3) a votação que pode determinar a convocação do ministro da Defesa, Walter Braga Netto.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]