Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Considerada por muitos prefeitos e governadores a esperança de destravar a vacinação contra a Covid-19, o imunizante russo Sputnik V teve a sua importação vetada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na noite da última segunda-feira (26). Em decisão unânime, o órgão questionou a documentação entregue pelo instituto russo Gamaleya, fabricante da vacina, alegando sobretudo que os dados não são consistentes ou confiáveis.

Com isso, as 66 milhões de doses que deveria vir para o Brasil estão barradas. A decisão frustrou os brasileiros, mas também irritou os russos, que consideraram o veto político e não científico. No entanto, quais as alegações da Anvisa para vetar essa importação quando o país inteiro anseia por mais doses?

No podcast 15 Minutos de hoje, conversamos com o editor da Gazeta do Povo Jean Pecharki para entender quais os problemas a Anvisa identificou e o que podemos esperar daqui para frente em termos de vacinação.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Durval Ramos. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Durval Ramos; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro, Jenifer Ribeiro e Màrcio Miranda; montagem: Leonardo Bechtloff; identidade visual: Gabriela Salazar; estratégia de distribuição: Durval Ramos e Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]