Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

- Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, explicou o que deve mudar com o fim do estado de emergência sanitária nacional por causa da Covid-19

*) O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin), provocada pela Covid-19.

O anúncio foi feito durante pronunciamento em rede nacional de rádio e TV.

Nesta segunda-feira (18), Queiroga garantiu, em entrevista coletiva, que nenhuma política de saúde pública do país será afetada pelo fim da emergência sanitária. Segundo ele, o momento é de transição.

"A Covid não acabou, nem vai acabar, pelo menos nos próximos tempos. E precisamos conviver com essa doença e com esse vírus. Felizmente parece que o vírus tem perdido a força, a letalidade. E cada dia vislumbramos um período pós pandêmico. É o que pensamos", afirmou Queiroga.

O que significa o fim da emergência da Covid-19

Mas o que significa, então, na prática, o fim da Emergência em Saúde Pública?

Somente no Ministério da Saúde, 170 regras podem mudar. Mas, algumas mudanças já entraram em vigor, como o fim da apresentação de teste de Covid para a entrada de viajantes no país e a extinção da obrigatoriedade de máscara em ambientes fechados de trabalho.

Nesse episódio do podcast 15 Minutos a ideia é esclarecer o que pode mudar efetivamente com o fim da emergência em saúde pública. O convidado é o Wesley Oliveira, repórter da editoria de República da Gazeta do Povo.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]