Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
General Floriano Peixoto é cotado para assumir Correios
General Floriano Peixoto é cotado para assumir Correios| Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, general Floriano Peixoto, deve deixar o cargo para assumir a presidência dos Correios, de acordo com reportagem publicada no jornal O Estado de São Paulo nesta quinta-feira (20).

Peixoto substitui o general Juarez Cunha, demitido em público pelo presidente na semana passada. Esta será a segunda troca na Secretaria-Geral em menos de seis meses de governo. Gustavo Bebianno, que assumiu a função no início da gestão Bolsonaro, foi demitido em fevereiro após desentendimentos com o presidente e seu filho Carlos Bolsonaro.

O general Peixoto, que foi secretário-executivo de Bebianno, era próximo de Carlos Alberto dos Santos Cruz, demitido na semana passada da Secretaria de Governo.

Trocas no governo Bolsonaro

Esta é a quarta baixa da ala militar no governo de Bolsonaro em menos de duas semanas. Além de Cunha, Santos Cruz e Floriano Peixoto, o general Franklimberg Ribeiro de Freitas foi exonerado do comando da Fundação Nacional do Índio (Funai) na semana passada.

O governo ainda definiu quem vai ter a tarefa de substituir Peixoto na Secretaria-Geral da Presidência. Rogério Marinho, secretário especial da Previdência, é um nome cotado para o cargo.

Ex-deputado do PSDB, Marinho é considerado por seus pares como um hábil negociador e, até a votação da reforma da Previdência, poderia acumular as funções com a articulação política.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]