i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Governo Bolsonaro

Quem é o general Ramos, novo ministro da Secretaria de Governo

  • PorGazeta do Povo
  • 13/06/2019 18:29
  • Atualizado em 13/06/2019 às 19:39
Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira é general de Exército e atual chefe do Comando Militar do Sudeste.
Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira é general de Exército e atual chefe do Comando Militar do Sudeste.| Foto: Soldado Ivonildo/Divulgação Flickr

O general de Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, atual chefe do Comando Militar do Sudeste, com sede em São Paulo, vai assumir a Secretaria de Governo no lugar do demitido Santos Cruz. A confirmação foi feita pelo porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, nesta quinta-feira (13).

Natural do Rio de Janeiro, Ramos tem longa experiência militar, tendo sido comandante da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti e vice-chefe do Estado-Maior do Exército.

Considerado um hábil negociador por seus pares, ele é visto como alguém com bom trânsito no Congresso, missão que terá de executar daqui para frente em Brasília. O general fez aniversário nesta quarta-feira, 12 de junho, véspera do anúncio de que assumirá um posto importante na Esplanada dos Ministérios.

Ele ingressou no Exército como praça em 8 de março de 1973, tendo sido declarado Aspirante a Oficial da Arma de Infantaria em 14 de dezembro de 1979. Foi adido militar de defesa em Israel, chefe de Estado-Maior da Brigada de Infantaria Paraquedista (RJ), chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército (RJ) e comandante da 8ª Brigada de Infantaria Motorizada em Pelotas (RS).

Entre as funções mais importantes exercidas pelo general estão o Comando da 11ª Região Militar, em Brasília (DF), e da 1ª Divisão de Exército, no Rio de Janeiro (RJ). Foi responsável por todas as ações de segurança relativas à Copa do Mundo de Futebol 2014 e aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, em Deodoro (RJ).

Em maio de 2018, assumiu o Comando Militar do Sudeste, cargo que ocupava desde então.

Missão dada, missão cumprida

O Comando Militar do Sudeste emitiu nota para informar que o general Ramos recebeu a indicação do presidente Jair Bolsonaro para a Secretaria de Governo por meio do comandante do Exército, general Edson Leal Pujol.

"O general Ramos mantém o seu compromisso de soldado em cumprir as missões que lhes são impostas pelo Comandante do Exército", diz a nota. A manifestação detalha que Bolsonaro propôs a indicação ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, que por sua vez transmitiu a informação ao comandante do Exército.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    LUIZ PINHEIRO

    ± 18 dias

    Pelo menos não pertence a nenhuma facção (digo partido) criminosa como era anteriormente ... quem era indicado tinha que ser da seita e prometer afanar até não acabar mais!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Z

      Zyss

      ± 18 dias

      Putz, lá vem mais um militar....

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      Fim dos comentários.