i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Impostos

Ideia é apresentar texto da reforma tributária até fim do mês, diz relator

    • Estadão Conteúdo
    • 08/09/2020 17:40
    Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) afirmou que a reforma tributária deve dialogar com a reforma administrativa.
    Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) afirmou que a reforma tributária deve dialogar com a reforma administrativa.| Foto: Pixabay

    O deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) disse nesta terça-feira, 8, que trabalha para apresentar até o fim do mês o texto que consolida as propostas de reforma tributária em tramitação no Congresso: as PECs 45 e 110, somadas ao projeto do governo de unificar PIS e Cofins na Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS).

    "A ideia é construir um texto para apresentar até o fim do mês... Apresentar um relatório que consiga mitigar todas essas distorções tributárias em direção a um sistema tributário que traga um melhor ambiente de negócios e crescimento econômico", comentou o relator da reforma durante debate no Telebrasil, congresso promovido por empresas de telecomunicações.

    Ribeiro disse ainda que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), terá papel importante no andamento da pauta.

    Também presente ao debate, o ex-governador do Espírito Santo Paulo Hartung afirmou que o País vive o melhor momento para avançar na reforma do sistema tributário.

    "O ambiente é bom no Congresso, é bom na sociedade", disse o Hartung, lembrando do apoio público à aprovação da reforma da Previdência.

    O economista afirmou ainda que a reforma tributária deve dialogar com a reforma administrativa, em prol de um Estado mais leve, digital e em que ofereça contrapartidas à sociedade.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.