Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

#273 - Augusto Aras comparou Lava Jato a uma "caixa de segredos" e disse que é preciso corrigir rumos para que "o lavajatismo não perdure"; força-tarefa divulgou nota repudiando o que chamou de "ilações"

***) O procurador-geral da República, Augusto Aras, subiu o tom da ofensiva contra a Lava Jato que vem se desenrolando nas últimas semanas. O motivo central da queda de braço é a busca de acesso ao banco de dados das investigações da operação. O atrito se tornou público no final de junho, quando a subprocuradora Lindôra Araújo, aliada de Aras, fez uma visita à força-tarefa em Curitiba.

A força-tarefa vê a ofensiva como uma tentativa de enfraquecer Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e ex-juiz do caso. A percepção é que a PGR tenta asfixiar a Lava Jato para que o nome da operação não seja carregado nas próximas eleições presidenciais. Moro é cotado para ser candidato ao Planalto em 2022.

A possibilidade de criação de um novo órgão que iria unificar as forças-tarefas de combate à corrupção, em discussão no Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), também é vista com cautela dentro do MPF, no mesmo contexto de cerco à Lava Jato.

Este episódio do podcast 15 Minutos fala do choque entre a PGR e a força-tarefa da Lava Jato e analisa até onde o conflito pode chegar. A convidada é Kelli Kadanus, editora de República da Gazeta do Povo, em Brasília.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Jenifer Ribeiro, Maria Eduarda Scroccaro e Durval Ramos; montagem: Leonardo Bechtloff; identidade visual: Gabriela Salazar; estratégia de distribuição: Gladson Angeli e Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]