i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrevista exclusiva

Médica do gabinete de crise de Bolsonaro defende uso precoce da cloroquina

    • Por Leonardo Desideri
  • Brasília
  • 12/04/2020 16:18

A imunologista Nise Yamaguchi faz parte do gabinete de crise montado pelo governo Jair Bolsonaro para o combate ao coronavírus. Boa parte de suas visões refletem as opiniões sobre a Covid-19 que o presidente tem reiterado nas últimas entrevistas. A principal delas é a defesa da cloroquina, remédio que virou tema de embate político entre defensores e opositores do presidente.

Em entrevista exclusiva à Gazeta do Povo, Nise afirma que é favorável ao uso da hidroxicloroquina (derivado menos tóxico da cloroquina) já nos primeiros dias de sintomas do coronavírus. Para ela, a efetividade do medicamento é menor quanto mais a doença evolui.

A médica também defende o isolamento vertical, apenas de pessoas em grupos de maior risco, como idosos e indivíduos com doenças crônicas. Confira a entrevista na íntegra em vídeo e texto.

Avaliação dos estudos

"Quando surgiram os primeiros trabalhos mostrando que a hidroxicloroquina funcionava juntamente com a Azitromicina no início da doença, nos pacientes que eram os mais leves foram tratados naquele primeiro estudo, na França, eu fiquei muito intrigada.

Eu fui estudar e avaliei que realmente tinha uma ação antiviral dentro da célula onde o vírus se colocava, e que ele utilizava a célula para se proliferar, porque ele, para se proliferar, para se replicar, ele precisa da máquina da célula. Sozinho, ele não consegue fazer a replicação. Então, nesse momento, além dessas duas medicações, o zinco era uma substância que adicionava um efeito benéfico à hidroxicloroquina.

Eu fiquei bastante interessada e comecei a acompanhar o que estava acontecendo no mundo. Vi que, na Itália, já estavam usando precocemente, até porque o número de pacientes era muito grande. Os médicos é que estavam utilizando para si mesmos. Logo que tinham os sintomas da doença já começavam a tomar. Isso também foi corroborado depois por vários outros estudos observacionais.

O estudo observacional é aquele em que ele dá o medicamento e observa como é que o paciente vai. Eventualmente, se clinicamente está melhor, se combate a viremia rapidamente. Em um estudo controlado, que a gente chama randomizado, metade toma placebo e metade toma a medicação, você tem que balancear os dois grupos."

Em pandemia, não se pode aguardar conclusão dos estudos

"Agora acabou de sair um artigo preliminar da Fiocruz dizendo que tinha, para quem usava a hidroxicloroquina, a mesma mortalidade que tinha historicamente nos pacientes. Mas não dá para saber se isso é uma verdade ou não se você não colocar as comparações, a forma de avaliação, de uma forma parecida. Então, os estudos dessa maneira que a gente está falando, que é como a gente aprova medicações ou novas indicações, eles seguem rituais científicos reconhecidos mundialmente.

Ocorre que, no meio de uma pandemia, você não consegue ter tempo para fazer esses estudos, para eles ficarem maduros, para você poder utilizar. Acho que aí é que foi a grande divergência sobre o tema, em que o meu papel foi tentar esclarecer a todos os lados que estávamos falando a mesma linguagem. Estávamos conversando sobre a mesma coisa, todos queriam curar os pacientes."

Uso da cloroquina com pacientes em estado grave não é tão efetivo

"O momento em que as coisas estavam sendo usadas, que era quando o paciente ficava mais grave – e aí ele já tinha, por exemplo, numa UTI, em respirador, com o coração já com cardiopatia pelo próprio vírus, mais hepatopatia, mais problemas renais pela própria infecção –, é um momento bastante delicado. Nessa hora, praticamente, você não tem uma capacidade de combater o vírus, os efeitos que a medicação eventualmente poderia causar se somados aos efeitos que o vírus está causando no próprio corpo.

Aí tem a turma que começou a fazer pesquisa nos moderados, nos pacientes que se internam no hospital, que já estão com inflamação no pulmão… Porque uma pequena tosse já pode apresentar uma inflamação no pulmão significativa. E, nesse sentido, a gente teve uma evolução muito melhor dos pacientes. Muitos pacientes que começaram a tomar essa combinação não precisaram mais ir para a UTI e nem ir para o tubo.

Com isso, também, o Ministério da Saúde, que estava precisando fazer as portarias, ele fez as portarias, inicialmente, para os moderados e graves, para regulamentar a utilização no Brasil. A Anvisa já, rapidamente, tomou o cuidado de pedir que fossem receitas carbonadas, assinadas pelo médico, com o endereço do paciente, com CRM do médico. Por quê? Porque não poderia haver automedicação, apesar dos efeitos colaterais serem muito pequenos.

A maioria dos pacientes que já estão hígidos, que não têm doenças prévias, passa muito bem. Então, são somente cinco dias das duas medicações, tanto da Azitromicina, que é um antibiótico que todo mundo usa para infecções nasais, infecções pulmonares e de garganta, e com a hidroxicloroquina. O zinco ajuda a ação da hidroxicloroquina, e a hidroxicloroquina é usada como antimalárico por meses.

Eu conversei com vários médicos diretores do Conselho Federal de Medicina, lá do Norte, e eles têm uma experiência grande com cloroquina – até eu tento trazer sempre o estudo para a hidroxicloroquina, que é um pouco menos tóxica. Mas as pessoas têm experiência grande com hidroxicloroquina e Azitromicina e estão indo bem. Os pacientes não estão mais precisando internar nas UTIs com a frequência com que internavam.

Eu acho que isso também ajudou na flexibilização do início do tratamento. A gente agora também tem que conseguir que haja uma produção e distribuição, uma logística da medicação."

População deve procurar médico já nos primeiros sintomas

"Eu tenho também trabalhado em explicar direitinho quais são os sintomas que precisa ter para procurar o médico. Porque, veja, a nossa população vulnerável, todo o mundo que está em casa, fica com medo de ir até o pronto-socorro porque, eventualmente, se não está com o coronavírus, pode pegar. Todo o mundo fica com medo de fazer tomografia, medo de fazer exames etc. Mas, nos primeiros sintomas – coriza, dor de garganta, tosse –, é importante procurar um médico, porque o médico vai poder prescrever a medicação. Você tem tempo de conseguir a medicação, porque demora às vezes para você conseguir os remédios, e você já pode começar a tomar numa fase em que ainda está na replicação viral e não no quadro inflamatório pulmonar.

Isso é muito importante porque, na hora que entra na inflamação, o pulmão começa a exsudar líquido, tecido, substâncias, células, e essas células começam a comer hemácias, aí fica um processo inflamatório que é uma cascata que você já não reverte, mesmo tirando o vírus que iniciou esse processo. Então eu acho que as duas coisas são importantes no processo.

Mais do que isso, salientar a importância do isolamento total para pacientes de risco. Os pacientes de risco realmente não podem ter contato com pessoas que possam contaminá-los. Principalmente os idosos não podem ter contato com crianças e jovens, que são os que têm maior capacidade de transmissão, apesar de que a maioria deles não vai ter a doença como ela se caracteriza geralmente. A maioria vai passar bem.

O difícil, quando você está com uma doença, é saber se você é aquele que vai evoluir bem, se você é aquele que pode ficar tranquilo que você vai esperar um pouquinho e aí, mais tarde, é que você vai precisar de alguma coisa. Nós não sabemos. Às vezes, o quadro pode evoluir muito rápido da noite para o dia, e a pessoa passa a precisar de alguma assistência respiratória e isso passa a ser muito grave."

Uso precoce da cloroquina é o ideal

"Eu sou favorável, sim, ao uso precoce, mas o precoce talvez para o quadro já instalado, aquele quadro mais com coriza, com tosse. Muitos pacientes que só foram com tosse ao pronto-socorro já têm alterações inflamatórias pulmonares características. Nós procuramos já tratar hoje todos os que vêm com sintomas, para que a gente possa protegê-los do que poderia acontecer. Como nós não sabemos quem vai ficar mal, nós já devemos proteger as pessoas que estão com sintomas que são considerados moderados.

Moderado e leve é muito discutível. Você está com uma doença que potencialmente é letal… O que é moderado, o que é leve? Qual o tempo que você tem para procurar? Então, como ficou muito difícil essa interpretação, o Conselho Federal de Medicina também está buscando regulamentar junto às sociedades médicas. E eu estou aqui, também, tentando harmonizar todas as linguagens."

Discussão não deve ser politizada

"Eu acho que não há mérito algum em a gente discutir politicamente o que é e o que não é, é o remédio de quem… Eu acho que a gente está falando de um remédio que pode curar vidas. Eu sou uma pessoa que está acima da política. Eu não tenho nenhum viés partidário. Eu cuido de todos os pacientes, de todas as bandeiras, de todos os governos. Eu tenho pacientes na área de câncer. Então, eu sou extremamente cuidadosa com a minha trajetória, com a minha carreira, mas eu estou a serviço de um bem-estar para a população. Eu quero que saibam que existe cura, sim, principalmente quando é precoce o tratamento."

Outros cuidados não devem ser deixados de lado

"E o melhor, também, é que o seu próprio sistema imunológico combata. Mantenha 2 metros de distância de todas as pessoas. A utilização de máscara deve ser extremamente estimulada. Nós precisamos que todos saiam com máscara, porque você não sabe quando você está contaminando. Isso não vai te proteger de ser contaminado. Você não deve baixar a guarda porque você está com máscara, até porque, se ela também ficar molhada, se ela ficar usada, ela não vai ter nenhuma função. A máscara protege a outra pessoa de receber a saliva sua, isso melhora bastante. Eu acho que as máscaras ajudaram populações enormes, como Hong Kong, por exemplo, que tem um dos menores índices do mundo.

O distanciamento social, a educação do povo, não usar sapatos da rua em casa, limpar os sapatos, deixando um sapato para fora e um sapato para dentro, limpar bem as coisas, não dividir pratos, talheres, copos com pessoas, tomar os cuidados para não contaminarmos uns aos outros, e testes. É importante nós fazermos testes em massa, testes para sabermos quem está com vírus, quem está contaminando e não sabe. Essas pessoas devem se manter isoladas, assim como os contatantes. Pessoas que tenham tido contato com o vírus e tenham, já, imunidade elas podem ter imunoglobulina G maior que imunoglobulina M, que é de uma inflamação aguda, e elas já podem estar protegidas. É muito importante, é proteção.

É 100%? Nada é 100%. Assim como sintomas colaterais, a maioria dos pacientes não vai ter sintoma colateral. Para aqueles que podem ter sintomas é que as bulas de todos os remédios são tão detalhadas, porque você não pode ter um sintoma que não esteja lá. Mas a maioria das pessoas com doses de 5 dias não vai ter os efeitos colaterais que têm sido tão propalados, até para dar medo às pessoas de tomarem o remédio que pode curar vidas."

Politizar cloroquina pode criar medo na população

"A gente não deve politizar uma situação, criar um medo infundado na população de um remédio – de uma combinação de remédios, porque sozinho ele não faz todo o efeito, tem que ser com Azitromicina e com zinco. A gente não deve criar um pânico para uma medicação que pode estar salvando vidas. E aí as pessoas vão postergar e tomar exatamente quando já não adianta mais. É esse o ponto que eu tenho trabalhado também junto aos meus pares, para que a gente possa trazer o máximo de informação possível. Eu gostaria, então, de conduzir as questões nesse sentido. A gente tem essa oportunidade de estar, realmente, fazendo um esclarecimento à população, esclarecimento junto às autoridade, às fontes de condutas, de diretrizes, que são as sociedades médicas… O objetivo meu é equilibrar todas as informações para que elas sejam úteis à população."

23 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 23 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • X

    Xicote

    ± 4 horas

    A cloroquina nao é proibida...esta sendo usada com otimos resultados ... A pergunta é....entao pprque tá morrendo tanta gente nos EUA ??? Por que o paciente tem que assinar o termo de responsabilidade por eventuais dfeitos colaterais ???

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • G

      Gustavo Augusto Druziki

      ± 17 horas

      Excelente!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • M

        Michel

        ± 19 horas

        Muito bom!!!

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • G

          Giovanna Chiodi

          ± 19 horas

          Parabens Doutora pelo bom senso e rigor cientifico

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            João Mauricio

            ± 19 horas

            E o que que as pessoas esperam com a liberação do uso da cloroquina nos acometidos com o COVID-19?? Isso não é uma vacina, e não indicado tomá-lo como preventivo da doença. A turma que mesmo acabar com o isolamento e os doentes serão tratados com cloroquina e vão p/casa como se fosse uma gripe. Não sei porque tanta discussão sobre este assunto. O diagnóstico correto é evitar de pegar e transmitir o COVD-19, e como se faz isso? O mundo já sabe, que é o isolamento social.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • G

              Giovanna Chiodi

              ± 19 horas

              O uso profilatico da hidrcloroquina asssociada ao zinco tem respaldo cientifico em trabalhos indianos, franceses e italianos para profissionais de saude de linha de frente

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • J

            João Mauricio

            ± 19 horas

            Pelos comentários abaixo todos devem ser doutos no assunto. No mundo todo tem milhares, repito, milhares de cientistas, pesquisadores, infectologistas, etc.., que estão testando diversos remédios, inclusive a cloroquina, que não é exclusividade do Brasileiro e quantos estão vindo a público garantindo o uso desde medicamento, inclusive os norte-americanos. Vamos lá, relacionem quantos desdes pesquisadores do mundo estão dando OK p/este fármaco???

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • G

              Gustavo Augusto Druziki

              ± 17 horas

              ***** cara como você é burro. Acabou de ler um artigo de uma médica que sabe o que está fazendo. 32 especialistas brasileiros dão o mesmo respaldo porque estudaram o medicamento. Vá a mer... Da palhaço. Fica insistindo em não usar. Va pra ***. Aprenda porr... A

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • G

            Gabriel Leite

            ± 21 horas

            A cloroquina é um fármaco com mais de 50 anos de história. Com prescrição médica, raríssimos são os casos de complicações. Não consigo entender essa má vontade toda. Ou melhor, consigo sim. É o remédio do Trump e Bolsonaro, logo, só pode ser ruim.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • P

              Paulo Santos

              ± 21 horas

              Essa doutora nos causou uma excelente impressão. Penso que tenha gabarito para substituir Mandetta, caso seja necessário.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • A

                All Jr

                ± 22 horas

                Parabéns Dra Nise! Parabéns Gazeta por esta matéria!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • R

                  Rui

                  ± 22 horas

                  Amor ao próximo, sabedoria e lucidez, predicados dessa médica cientista, a qual tem.um currículo brilhante! Predicados em falta no país tupiniquim!

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • E

                    Eden Lopes Feldman

                    ± 22 horas

                    Bom senso e coragem que está faltando a maioria dos políticos brasileiros. Que usam da quarentena para eliminar os riscos políticos. E na hora da catástrofe econômica vão eleger um culpado: o vírus. Mas isto não resolverá nada.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • C

                      CAS

                      ± 22 horas

                      Na dúvida TOME. Muito boa a reportagem. Finalmente o Editor da GP fez alguma coisa séria e justa. Vamos tornar pública e acessível a todos está informação.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • C

                        CAS

                        ± 22 horas

                        Na dúvida TOME.

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • T

                          tamotsu kashino

                          ± 22 horas

                          No mundo da medicina, ainda não temos um medicamento 100% eficientes para determinado doença, tudo depende de comportamento dos pacientes ou estado da doença se está no começo ou avançado, a opinão da medica Nise e coerente sobre coronavirus, sem vies politicas como acontece com ministro Mandetta que hoje fala muito bonito , porem em fevereiro na vespara do carnaval permitiu milhares de turistas chineses ou europeus sem nenhuma restrição, o que está causando a pandemia em São Paulo e Rio que sómente este dois capitais representam quase 70% dos mortes pela epidemia deste virus.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • P

                            Pzig

                            ± 22 horas

                            Muito bom! Ainda bem que estão mostrando vozes racionais e nãos só papagaios a seguir o que a a Horda de desesperados e fomentadores de histeria querem.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • J

                              JOSMAR PORTUGAL VAZ

                              ± 22 horas

                              Excelente!!!!!!!! Matou a cobra e mostrou o pau .

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • D

                                Dimas

                                ± 22 horas

                                Acredito que se correr o bicho pega se ficar o bicho come

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • E

                                  Erison

                                  ± 23 horas

                                  Boa GAZETA DO POVO!!! Entrevista que agrega valor e conhecimento.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • E

                                    Erison

                                    ± 23 horas

                                    Boa GAZETA DO POVO!!! Entrevista que agrega valor e cohecimento.

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    • A

                                      ALMJ

                                      ± 23 horas

                                      Reportagem muito boa. Uma opinião técnica da médica, não politizada.

                                      Denunciar abuso

                                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                      Qual é o problema nesse comentário?

                                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                      Confira os Termos de Uso

                                      • F

                                        Freitas

                                        ± 23 horas

                                        Ela defende o isolamento dos idosos? Quantos ela tem?

                                        Denunciar abuso

                                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                        Qual é o problema nesse comentário?

                                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                        Confira os Termos de Uso

                                        Fim dos comentários.