Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

#218 - Ministro da Saúde, Nelson Teich, deixou claro que foi pego de surpresa pelo decreto do presidente Jair Bolsonaro que incluiu academias, salões de beleza e barbeiros entre as atividades consideradas essenciais

***1) O ministro da Saúde, Nelson Teich, foi avisado por repórteres, durante uma coletiva de imprensa, sobre o decreto do presidente Jair Bolsonaro que incluiu academias, salões de beleza e barbearias na lista de serviços essenciais em meio à pandemia da Covid-19. A situação chamou a atenção, já que Teich foi claramente deixado de lado na decisão.

Na mesma entrevista em que foi avisado sobre o decreto, o ministro apresentou uma série de diretrizes para definir níveis de isolamento como prevenção à Covid-19 para cada região. Pouco depois, o ministro Teich virou alvo da militância bolsonarista nas redes sociais, que levou a hashtag #ForaTeich aos assuntos mais comentados do Twitter. Os ativistas criticam o ministro por ele não fazer uma recomendação enfática do uso de cloroquina ou hidroxicloroquina, e por ter mencionado outro medicamento, mais caro, o Remdesivir.

Neste episódio do podcast 15 Minutos, a editora de República da Gazeta do Povo, Giulia Fontes, comenta as especulações sobre uma "fritura" do ministro da Saúde, Nelson Teich, e fala da reação de governadores que já prometeram não seguir o decreto do presidente Jair Bolsonaro.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: o ‘15 minutos’, podcast de notícias, é gravado no estúdio da Gazeta do Povo, em Curitiba # Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Jenifer Ribeiro, Maria Eduarda Scroccaro e Durval Ramos; montagem: Leonardo Bechtloff; identidade visual: Gabriela Salazar; estratégia de distribuição: Gladson Angeli e Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]