Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

O Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello, deu mais detalhes sobre o plano nacional de vacinação contra a Covid-19 em uma audiência pública do Senado. Confira as novas informações sobre a campanha de vacinação.

Saiba o detalhes do plano de vacinação contra a Covid-19

A audiência aconteceu no dia 17 de dezembro. Aos senadores, o ministro disse que o país terá quase 94 milhões de doses das vacinas nos primeiros três meses de 2021.

Pazuello ainda foi otimista com a data de início da vacinação, dizendo que pode começar na segunda quinzena de janeiro. Ou seja, seria possível vacinar até 46,7 milhões de brasileiros entre janeiro e março.

Para que isso aconteça, ainda é preciso que os imunizantes tenham aprovação da Anvisa, mesmo que para uso emergencial.

O ministro informou que o Brasil deve ter 24,7 milhões de doses já em janeiro. Sendo 500 mil doses da Pfizer, 9 milhões do Butantan e 15,2 milhões da Astrazaneca.

Já em fevereiro, espera-se mais 500 mil doses da Pfizer e outras 15,2 milhões da Astrazeneca. Já a CoronaVac subiria as doses com relação ao mês anterior, chegando a 22 milhões.

para março, o ministro não especificou de onde viriam as vacinas, mas que são esperadas 37,7 milhões de doses para o mês.

Na sequência do ano, a Astrazeneca produzirá 20 milhões de doses por mês. O Instituto Butantan contribuirá com 46 milhões de doses em seu primeiro lote.

Além destas, o Brasil ainda espera outras 42 milhões de doses entregues pela participação na Covax Facility.

Conteúdo editado por:Jenifer Ribeiro dos Santos
2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]