Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Urna eletrônica. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo
Paraná Pesquisas mediu a temperatura do eleitorado para a eleição municipal do ano que vem. Foto: André Rodrigues/Gazeta do Povo| Foto:

O deputado federal Celso Russomanno (PRB) é o favorito na eleição para prefeitura de São Paulo, em 2020, segundo levantamento de intenção de voto do Instituto Paraná Pesquisas. Ele lidera a sondagem estimulada, quando é apresentada uma lista de opções para o entrevistado.

Nos três cenários apresentados, Russomano aparece em primeiro lugar com 22,4%, 25,2% e 22,1%, das intenções de votos, caso a eleição fosse hoje.

Leia também: 100 dias de Bolsonaro: reforma, queda de ministros e algumas polêmicas

Russomanno fez carreira como jornalista e apresentador de TV e atualmente exerce o sexto mandato na Câmara dos Deputados, em Brasília. Ele foi candidato à prefeitura de São Paulo em 2012 e em 2016, mas nas duas vezes foi derrotado.

Na última eleição, acabou em terceiro lugar, quando João Doria (PSDB) foi eleito com 53,2% dos votos e Fernando Haddad (PT) ficou em segundo com 16,7%.

Agora, na pesquisa, Haddad aparece em segundo lugar em dois dos três cenários estimulados, com 14,6% e 14,7%. Na sondagem espontânea, em que não foram apresentados nomes e opções aos eleitores, o petista foi o mais lembrado, com 3% das intenções de votos, seguidos de 1,3% de Celso Russomanno.

Leia também: Quem é o procurador militar que deseja chefiar o Ministério Público Federal

Haddad foi candidato à presidência da República na eleição de 2018, mas perdeu no segundo turno para Jair Bolsonaro (PSL). Na eleição de 2012 foi eleito prefeito de São Paulo, mas fracassou ao tentar se reeleger.

A maioria dos entrevistados (76, 3%) disse não saber em quem votará na pesquisa espontânea e 13,4% falaram  “ninguém”. Nessa mesma sondagem foram citados ainda o atual prefeito Bruno Covas (1%); Geraldo Alckmin e Marta Suplicy, ambos com 0,7%; Marcio França e Paulo Skaf, os dois com 0,6% cada; Janaina Paschoal (0,3%) e Joice Hasselmann (0,2%) também pontuaram.

A pesquisa também fez uma avaliação da administração do atual prefeito:  38,3% dos entrevistados aprovam Bruno Covas, 56,7% desaprovam e 5% não sabiam ou não opinaram.

Metodologia

Entre os dias 2 e 5 de abril, o Paraná Pesquisas entrevistou 1.002 eleitores do município de São Paulo. O grau de confiança é de 95%, com margem de erro de 3%.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]