Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais.
| Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo

As mais recentes regras sobre a entrada de viajantes no Brasil - e que afetaram neste domingo (5) o jogo com a Argentina - estão previstas em uma portaria que vigora desde 24 de junho de 2021. Trata-se da Portaria 655. Trecho do documento restringe a entrada no país de estrangeiro, de qualquer nacionalidade, que “tenha origem ou histórico de passagem pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, pela República da África do Sul e pela República da Índia nos últimos quatorze dias”. Neste caso, é exigida uma quarentena por quatorze dias.

A portaria é assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos; pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres; e pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

O clássico de futebol masculino, válido pela nona rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, foi paralisado logo aos cinco minutos do primeiro tempo por agentes da Anvisa e da Polícia Federal. As autoridades entraram em campo em razão da presença de quatro atletas argentinos (três deles titulares) que não teriam cumprido a quarentena estabelecida na portaria, mesmo com passagem pelo Reino Unido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]