Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • A

    Antônio Márcio

    ± 29 minutos

    E o dono do dinheiro (o indivíduo - o trabalhador)? Está sendo levado em consideração? Claro que NÃO. A lógica é: os trabalhadores ficam com o dinheiro “preso” no FGTS enquanto os construtores o utilizam nos seus empreendimentos. Vamos olhar por outro ângulo? A POUPANÇA é também utilizada como recurso (SBPE) para construção. Mas NENHUM dos construtores (empresas e sócios) aplica os seus recursos nesse tipo de investimento. Consideram pouco rentáveis. Ou seja, querem sempre ser financiados com os recursos baratos obtidos dos outros.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RoAm

    ± 49 minutos

    Eu vejo empresas se unindo contra o livre mercado. E pior: sendo financiadas por um dinheiro que não é delas, é do trabalhador. Ayn Rand escreveu muito sobre isso. No livro A Revolta de Atlas, empresários ligados ao governo mantinham seu privilégio com discurso pelo “bem do povo”. Apoio total à liberação imediata do FGTS!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vanderson Rodrigues

    ± 1 horas

    É uma piada mesmo. O dinheiro é deles? É o mesmo que bandido reclamar que não pode roubar , pois a policia pode prende-lo. Que país é esse?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luca

    ± 1 horas

    FGTS vira fumaça pro trabalhador, fica em um fundo que rende 3% ao ano, enquanto a inflação foi de 6 a 10% nos últimos anos. Enquanto isso contrutoras pegam esse dinheiro pra contruir ap e casas por R$ 40 mil e vendem por R$ 180 mil no limite do mcmv, uns barraco caindo pedaço

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Eduardo Prestes

    ± 3 horas

    Eu quero tirar meu fundo. Baita golpe esse FGTS, bloqueia e desvia parte do salário dos trabalhadores para financiar os empresários da construção civil. A correção do valor é muito inferior ao rendimento da poupança. E o lucro com o crédito barato é embolsado pelas empresas, pois não é o custo que determina preço, mas o mercado (demanda).

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    3 Respostas
    • M

      Marcelo S.

      ± 1 horas

      Luca: olha, eu trabalho há 25 anos, regime CLT. Até onde sei o FGTS é 8%, a alíquota que varia é a do INSS... porcentagem sobre o salário bruto... se o cara ganha 2 mil por mês é 160... se com hora extra tirou 2500 é 200... e o fato da empresa descontar ou não quando te contrata fica a seu critério decidir se isso é bom ou mal... queira ou não vc não está perdendo.. eu penso assim... agora paciência, somos todos diferentes.. mas a questão da alíquota é bom dar uma pesquisada...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • L

      Luca

      ± 1 horas

      Marcelo S.: A alíquota varia de acordo com o salário, de 8% a 11%. E FGTS é parte do salário, e não benefício, pois a empresa sabe que é obrigada a pagar isso por mês e já desconta quando contrata

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcelo S.

      ± 2 horas

      O FGTS equivale a 8% do teu salário bruto do mês... e a empresa paga sem descontar de vc diferentemente do INSS.. então não fale que parte do teu salário é bloqueado...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • Z

    Zyss

    ± 3 horas

    Que reclamem, o dinheiro deve ficar com quem trabalhou por ele.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.