Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

# Estudo mostra que um intervalo maior entre a primeira e a segunda dose da vacina pode melhorar a proteção contra Covid-19

***) A vacinação segue caminhando a passos lentos no país, principalmente devido à escassez de doses.

Ao mesmo tempo, mais dúvidas sobre o processo de imunização acabam surgindo. Por exemplo: se a segunda dose atrasar, por falta de vacina? Há risco de diminuição da eficácia?

Ou ainda: é possível tomar doses de vacinas fabricadas por laboratórios diferentes?

Segunda dose da vacina contra a Covid-19

A maioria das vacinas desenvolvidas para combater a Covid-19 (incluindo todas as que já chegaram ao Brasil) precisa de um regime vacinal de duas doses.

Este episódio do podcast 15 Minutos esclarece dúvidas frequentes e preocupações relacionadas às duas doses da vacina. A convidada é a Amanda Milléo, repórter especialista em Saúde, da Gazeta do Povo.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro, Jenifer Ribeiro e Durval Ramos; montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]