Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

- Será que 2022 pode ser o ano do retorno dos cassinos ao Brasil?

*) A possibilidade de que os cassinos sejam liberados no Brasil voltou de vez ao noticiário. Principalmente depois da aprovação do regime de urgência para o projeto de Lei 442/91, que legaliza e regulamenta os jogos de azar no Brasil.

Esta aprovação aconteceu já no apagar das luzes dos trabalhos da Câmara em 2021. A proposta conta com o apoio do presidente da Casa, o deputado Arthur Lira (PP-AL). O mérito do projeto deve ser discutido já neste início de 2022.

Ao mesmo tempo, no Senado, são pelo menos 4 propostas com teor parecido. Elas também avançaram nos últimos anos. Entre os patrocinadores da ideia está Ciro Nogueira, atual ministro chefe da Casa Civil do governo Bolsonaro. Ele, que é senador licenciado, é autor de um dos projetos, que prevê a liberação da exploração de jogos de azar em todo o território nacional.

Cassinos no Brasil: divisão de opiniões dentro do governo

Ou seja: figuras importantes e influentes no Congresso e no governo são favoráveis à ideia. Ao mesmo tempo, o tema divide (e muito) as opiniões.

Quais são os argumentos de defensores e críticos da ideia de liberar os jogos de azar no Brasil e porque o assunto divide opiniões entre quem está no mesmo espectro político. É este o tema deste episódio do podcast 15 Minutos. O convidado pra falar do assunto é o Jônatas Dias Lima, editor de Ideias, da Gazeta do Povo, que assina reportagem sobre o tema. 

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Maria Eduarda Scroccaro montagem: Leonardo Bechtloff; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]