Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Confira quanto cada blog chapa-branca levou do governo petista só no apagar das luzes
| Foto:

O Antagonista teve acesso exclusivo à planilha com repasses do governo federal aos blogs petistas em 2016.

Os números incluem a verba publicitária da Secretaria de Comunicação, dada por meio de campanhas de programas oficiais, e o patrocínio de bancos públicos e estatais, como a Petrobras.

Os contratos firmados às vésperas do impeachment somam R$ 11,2 milhões – de um total de R$ 94,7 milhões gastos com publicidade na internet. Ao assumir o governo, Michel Temer determinou a suspensão dos pagamentos aos blogs e sites petistas e o cancelamento dos contratos.

– Brasil 247: 2,1 milhões

– DCM: 1,11 milhão

– Carta Maior (site): R$ 921 mil

– Forum: R$ 921 mil

– Paulo Henrique Amorim: R$ 865 mil

– Opera Mundi (Breno Altman): R$ 83 mil

– Luís Nassif: R$ 814 mil (além do contrato com a EBC)

– Carta Capital (site): R$ 664 mil

– Sidney Rezende: 409,5 mil

– CGM: R$ 359 mil

– Pragmatismo Político: 219 mil

– Blog do Esmael: 169 mil

– Viomundo (LC Azenha): R$ 166 mil

– O Cafezinho: R$ 124 mil

Espantava a cara de pau com a qual essa gente defendia o governo indefensável. Mas eles tinham milhares, milhões de motivos para isso, não é mesmo? E o mais espantoso ainda é alguém ler tanta porcaria. Que os próprios petralhas o façam, tudo bem. Mas nesse caso, pagar tanto para pregar aos já convertidos à seita petista?! Não faz o menor sentido.

Quem ainda leva a sério tais sites e blogs? Do que esses “jornalistas” vão viver agora? Não é difícil entender o ódio ao governo Temer. Experimente tirar um osso da boca de um vira-lata raivoso para ver sua reação. Ficará ensandecido e lutará com afinco para recuperar sua conquista.

E o cão será obediente àquele que lhe fornecer comida com frequência. Raramente morde a mão que o alimenta. Não é preciso mais nenhuma teoria para explicar a proliferação de sites petralhas. Money talks, bullshit walks!

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]