i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Esquerda caviar gosta é de bandido!

  • PorRodrigo Constantino
  • 13/01/2014 23:17
Esquerda caviar gosta é de bandido!
| Foto:

O bandido que furtou uma bolsa do ator Marcos Palmeira pede desculpas ao ser levado na delegacia e reconhecer sua vítima, e o ator resolve perdoar seu algoz. A bolsa estava dentro do carro estacionado na cidade de Itororó, localizada a 500 km de Salvador. O carro pertencia a Roberto Freire (não o político), gerente da fazenda da família do ator. Ao G1, Palmeira disse:

Eu estava com Roberto, fomos para a delegacia. O cara que cometeu o crime já é conhecido na região. Foi uma coisa muito deprimente, ele chorou muito e resolvemos dar uma nova oportunidade para ele. Esperamos que isso não aconteca mais. O homem não chegou a ser autuado porque não conseguimos registrar queixa. Na delegacia não tinha escrivão e nem delegado. Por conta disso não registramos a queixa e resolvemos perdoar.

Segundo um dos guardas municipais que atendeu a ocorrência e que preferiu não se identificar, ao ver o ator, o Cardoso ficou de joelhos, chorou e pediu desculpas. Ele foi liberado minutos depois.

Segundo a polícia, Cardoso tem 30 anos e já tem passagem pela polícia por roubo e estupro e está em liberdade condicional. A polícia não registrou o flagrante porque a unidade policial não funciona durante os fins de semana.

Então fica assim: o ator, ícone da esquerda caviar, resolve perdoar um bandido que já tem até estupro no currículo, tudo porque caiu em prantos depois que foi pego pela polícia e reconheceu a vítima famosa. Se tivesse escrivão, o bandido seria perdoado? É a incompetência do estado que soltou o bandido nas ruas? Não! É a culpa da elite esquerdista.

O ator deve achar seu gesto lindo: perdoou um ladrão e ainda tirou fotinho com ele, para ganhar alguns pontos extras no ranking de sensacionalismo da esquerda hipócrita. Mas pergunto: quando ele roubar a próxima vítima, o ator Marcos Palmeira vai vender mais alguns produtos orgânicos para pagar a conta? Vai se responsabilizar pelos atos de seu novo amigo?

E se o marginal chorão voltar a estuprar? O que o ator da zona sul carioca vai dizer para os pais da vítima? Que uma imagem de companheiro compreensivo com os criminosos, “vítimas da sociedade”, valeu a pena a dor e o sofrimento dessa família?

A esquerda caviar é realmente podre. Diga-me com quem andas que te direi quem és. Basta um bandido apelar ao sentimentalismo barato e se ajoelhar implorando perdão para virar amiguinho agora? Eu prefiro selecionar melhor com quem tiro fotos para divulgar por aí. E também acho que lugar de bandido é na cadeia. E você, prezado leitor? Prefere a esquerda caviar ou a direita racional?

* A assessoria de imprensa do ator Marcos Palmeira solicitou a publicação desta Nota de Esclarecimento:

Marcos Palmeira esclarece que não foi assaltado, como vem sendo noticiado na imprensa e em sites de notícias. Ele foi à delegacia de Itororó, no interior da Bahia, acompanhar o amigo Roberto Freire, que fora furtado. Chegando à delegacia, eles não encontraram escrivão nem delegado e não tiveram outra opção senão retirarem-se com os pertences recuperados, sem registrar queixa. Foi quando o bandido o reconheceu e pediu um abraço, pedindo em seguida desculpas ao Roberto. A fotógrafa da cidade registrou a cena e o espanto de Marcos. Em nenhum momento o “preso” se ajoelhou pedindo perdão a Marcos como foi noticiado. Ele não “perdoou” o assaltante nem teve conhecimento sobre sua ficha criminal e seus antecedentes. É lamentável que uma parte da imprensa não tenha apurado devidamente os fatos publicando informações erradas a respeito do ocorrido.

Comento: na foto tirada, o ator não me parece alguém espantado, e sim sorridente ao lado do marginal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.