Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Sem categoria

Ex-BBB aparece em foto segurando armas e patrulha histérica faz… histeria!

Fonte: UOL

É dose pra leão os ex-membros do Big Brother Brasil ainda serem vistos como “celebridades” no Brasil. Só por aqui mesmo esse programa durou até a décima-quarta edição e, ao que tudo indica, vem muito mais por aí. Mas se o programa em si é um horror, cada vez de mais baixo nível para atrair audiência, pior ainda é a reação de alguns ao que os ex-BBBs fazem.

Uma delas, vencedora do último, resolveu posar em foto segurando duas armas:

A foto tem circulado pela internet e causado grande repercussão. Alguns comentários alertaram que ela poderia estar cometendo um delito ao exibir as armas. De acordo com o advogado criminalista Marcelo Souza, a ex-BBB pode ser enquadrada no artigo de apologia ao crime por uso indevido.

“Dependendo dos trejeitos da imagem, a pessoa pode ser configurada no crime de apologia, de acordo com o artigo 286 do Código Penal Brasileiro. O porte ilegal de armas também é crime, segundo o artigo 12 da lei 10826/03 do Estatuto do Desarmamento.”

Em entrevista ao UOL, Vanessa declarou que o intuito da imagem não foi agredir ninguém. 

“Todo mundo é adulto o suficiente para entender que aquilo é apenas uma brincadeira. As pessoas deveriam se preocupar mais quando um cachorro fica acorrentado mais de 24h o que é um crime e muita gente não sabe. É muita hipocrisia! Quando o idoso entra no ônibus e não tem um lugar para sentar, isso é um crime! As pessoas não olham o próprio umbigo”, esbravejou.

Ela, que não tem porte de armas, afirma que os revólveres são de brinquedo e que pertencem a dois amigos. “Estávamos apenas brincando, tirando fotos e todo mundo faz isso. Tem campanhas de grande grifes em que aparecem pessoas segurando armas. Acho que a gente tem de se preocupar em prender ladrão, quem maltrata criança e animal ao invés de se preocupar com essas besteiras.”

O advogado adverte que existem decisões jurisprudenciais, de tribunais diferentes, que dizem que armas de brinquedo configuram crime. “Isso é muito parecido com o caso do jogador Adriano, em 2010, quando ele apareceu segurando uma metralhadora. A pessoa pode ser enquadrada, da mesma forma, no crime de apologia ou incitação, que está no artigo 285 do Código Penal. Ninguém sabe que é de brinquedo, então você está incitando as pessoas”, esclarece.

Em primeiro lugar: viver em um país onde até armas de brinquedo configuram crime já é algo que espanta mais do que o sucesso contínuo do BBB. Em segundo lugar, não tem nada a ver com o caso do jogador Adriano, pois ali ele não só segurava armas verdadeiras e ilegais, que não são permitidas nem para quem tem porte, como fez isso ao lado de bandidos.

A ex-BBB Vanessa não está “incitando” nada. Ela poderia, ao contrário, estar simulando uma mulher independente que possui armas como autodefesa. Apenas para a patrulha do desarmamento qualquer arma é automaticamente o vilão, pois essa turma acredita que a arma é que mata, não o ser humano por trás dela.

É muito barulho por nada, muita histeria por causa de uma arma. Nos Estados Unidos, país com índices bem menores de violência, a coisa mais comum do mundo é o cidadão ter uma arma em casa. Vários posam para fotos com a sua. Basta uma rápida busca no Google com “mulher” e “arma” para ver a enorme quantidade de fotos. Eis uma delas, da atriz Angelina Jolie bancando Lara Croft:

Tem que ter um gosto muito suspeito para não achar essa imagem um tanto sexy. Se a ex-BBB tivesse posado para uma foto fazendo sexo com sua parceira, aliás, talvez não causasse tanta comoção. Era capaz de a turma “progressista” achar o máximo e usar em escolas infantis para combater o preconceito.

Ou se ela estivesse fumando um cigarro ilegal de maconha, não haveria ataque algum. Quem sabe se ela estivesse enfiando uma cruz em suas partes íntimas em frente a crianças em um evento cristão, ela conseguisse até a capa dos jornais como uma “protestante” legítima. Mas segurando duas armas?! Não pode! Um horror! Criminosa!

É tudo tão ridículo que passamos a achar a eterna duração do BBB o menor dos males que assolam nosso país…

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos