Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
OAB quer censurar internet: não pode mais criticar o feminismo?
| Foto:

Vejam o que consta no site da própria OAB-SP:

 

Isso não é… censura? Sites fazendo apologia ao aborto, tudo bem. Sites fazendo campanha pela destruição de Israel, tudo bem. Sites demonizando o homem branco como o grande responsável pelas mazelas mundiais, tudo bem. Mas não venham fazer campanha contra o feminismo!

Quem quiser ter uma ideia do humor ácido da página em questão, tendo como alvo preferido a esquerda, pode dar uma olhada aqui. Não parece nada demais, nada perto do que certos sites e páginas de esquerda pregam por aí em termos de ódio aos adversários, tratados como inimigos mortais.

Mas faz tempo que a OAB virou “Ordem dos Advogados Bolivarianos”, e que “Comissão de Direitos Humanos” virou sinônimo para “extensão do DCE comunista”. Essa turma quer levar no grito, na marra, intimidando quem quer que ouse desafiar a hegemonia politicamente correta de hoje.

É gravíssimo quando uma entidade como a OAB, em vez de sair em defesa da liberdade de expressão e dos direitos individuais, transforma-se num instrumento das “minorias organizadas” para a censura de seus adversários.

Rodrigo Constantino

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]