Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Tabata é de esquerda, mas esquerda não aceita convívio civilizado com adversários

Tabata Amaral já foi tema de comentários e textos meus, pois a julgo uma esquerdista perigosa. Por quê? Justamente porque ela defende ideias “progressistas” cujos efeitos são nocivos, mas o faz de forma suave, dourando a pílula. Tem uma narrativa sedutora: menina pobre que se formou em Harvard. E essa postura boazinha ajuda a quebrar resistências. Uma Manuela D’Ávila defendendo o socialismo assusta; uma Tabata com fala mansa atrai, mesmo que cerre fileira com figuras toscas da política como Ciro Gomes.

E eis que Tabata ganhou mais alguns pontos no ranking do isentão: ela resolveu postar uma foto sorrindo ao lado do governador João Doria, e recebeu muita crítica e pedrada da esquerda. A extrema esquerda é tacanha mesmo, e não aceita sequer conversa com o adversário político, visto como inimigo mortal. Para a esquerda, um liberal ou um conservador não são pessoas com ideias equivocadas; são pessoas ruins, perversas, preconceituosas, que precisam ser eliminadas, não persuadidas.

Nessa guerra, vale tudo. O filósofo Roger Scruton foi vítima recentemente de um assassinato de reputação abjeto. Um jornalista publicou trechos de uma entrevista totalmente fora de contexto, e em poucas horas a horda dos bárbaros já estava pedindo sua cabeça nas redes sociais. Scruton acabou demitido de um cargo não-remunerado para ajudar arquitetonicamente o governo, ele que é especialista no assunto e em beleza. A esquerda não quer conversa.

Tabata, ao menos, parece querer, e por isso merece crédito. Como disse, considero suas posições políticas equivocadas e perigosas, mas acho louvável que ela esteja disposta a dialogar. É o que tem faltado em nossa politica. Isso não faz dela uma deputada de centro, claro, e tampouco sua visão de mundo deve ser negligenciada por conta dessa forma mais amena. Tabata é de esquerda, do partido de Ciro Gomes, e não apoia a Nova Previdência. É, portanto, adversária política e ideológica de liberais e conservadores. Mas deve ser combatida no âmbito das ideias, com respeito e argumentos.

O fato de ela ter sido massacrada pela própria esquerda por causa de uma simples foto mostra como o radicalismo cega as pessoas. E vale para dois lados: Alexandre Borges foi alvo de uma tentativa de assassinato de reputação por parte da direita tacanha, liderada pelo filho do presidente, quando postou uma foto com o mesmo Doria, que já foi bastante elogiado pelo próprio Bolsonaro. Mas bolsonaristas muitas vezes parecem petistas com sinal trocado…

Rodrigo Constantino

8 recomendações para você

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos