i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Rodrigo Constantino

Foto de perfil de Rodrigo Constantino
Ver perfil

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

O “centrista” Caetano Veloso. Ou não.

  • PorRodrigo Constantino
  • 15/09/2013 10:08
O “centrista” Caetano Veloso. Ou não.
| Foto:

A melhor prova do colapso de um movimento intelectual é o dia em que ele não tem nada mais a oferecer como um ideal último além da demanda por moderação. – Ayn Rand

Alguns acham que Caetano Veloso está senil. Outros acham que ele sempre fez de tudo para aparecer e parecer “moderno” e “rebelde”. Ambos os grupos pensam que ele não merece muita atenção e devia ser apenas ignorado. Mas o problema é que ele tem audiência e espaço público, ou seja, ainda influencia desavisados. Por isso precisa ser criticado quando diz besteira. Foi o caso hoje.

Em sua coluna do GLOBO, Caetano cita Reinaldo Azevedo e Olavo de Carvalho como se fossem ícones de uma direita maluca. Depois aproveita para descascar os leitores dos blogs de direita, que seriam verdadeiras aberrações. Evidências? Pensam que a TV Globo tem uma agenda progressista e que até o NYT flerta com o comunismo. Que absurdo!

Só que… o NYT sempre foi escancaradamente de esquerda, e com grupos bem radicais ali dentro. Apontar o viés esquerdista do mais famoso jornal americano não é paranoia ou coisa de maluco; é respeitar os fatos. Só faltou Caetano incluir a CNN na lista! Ted Turner tem várias declarações em prol do… sim, ele mesmo, o comunismo!

Essa passagem, que o músico colocou entre parênteses, merece destaque especial. Denota toda uma tática de esquerda e uma covardia intelectual ao mesmo tempo. Vejam:

O fato é que compro sempre uma “Veja” e uma “Carta Capital” para ler no avião — além da “The Economist” — quando tenho de cantar “Abraçaço” em distantes cidades brasileiras ou não brasileiras: preciso saber o que dizem os chamados dois lados para poder me manter centrista aqui.

Notem que Caetano tenta se colocar como alguém isento, imparcial, acima do Fla x Flu ideológico, um legítimo centrista. Em primeiro lugar, é falso. É de esquerda mesmo, e sempre foi. Que tipo de “centrista” grava um vídeo elogiando os ultra-radicais mascarados e anarcofascistas dos Black Blocs?

Em segundo lugar, centro em relação a que extremos? Será que é desejável ser eqüidistante do comunismo, que ceifou a vida de milhões de inocentes e só trouxe miséria e escravidão ao mundo, e do capitalismo, que trouxe prosperidade e liberdade para milhões de pessoas? É desejável estar ao centro da extrema estupidez e da extrema inteligência? É positivo ficar no meio entre a falta de caráter e a honestidade?

Centro é bom por que? Quer dizer que é um ponto favorável ele ler tanto a “Veja” como a “Carta Capital” e se posicionar ao centro delas? Por que? A “Veja” é uma revista respeitada, com mais de um milhão de assinantes, com financiamento independente do governo, responsável pela queda de ministros corruptos e tudo. Já a outra… quem ainda leva a sério?

Por fim, Caetano expõe sua tremenda cara-de-pau, ao se colocar como mais um da classe média:

Se houver ainda manifestações, ou seja, se nós da classe média (que, ao contrário de Marilena, eu respeito e amo) não desistirmos de gritar por medo dos BBs de Cora, o que será dito sobre Barroso e Barbosa? Não resta dúvida de que vivemos um tempo preocupantemente interessante. Talvez demais para o meu gosto.

Nós quem, cara pálida? Sério que vai querer fingir, agora, pertencer a essa classe média, e não ao grupo de elite financeira e, pasmem, “intelectual” do Brasil?

O fato é que Caetano, como (de)formador de opinião, ridicularizou-se ao defender os Black Blocs e colocar uma camisa preta no rosto como os marginais, tudo isso faltando algumas horas para esses delinqüentes depredarem tudo e estragarem a festa do Sete de Setembro. Agora, cada emenda sai pior que o soneto. Era melhor o “moço” simplesmente mudar de assunto…

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.