2/2/2017- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidende Lula recebe a visita de Fernando Henrique Cardoso, no Hospital Sírio Libanês, onde está inernada dona Marisa Letícia, que teve  morte cerebral nesta quinta-feira (2). Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula
2/2/2017- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidende Lula recebe a visita de Fernando Henrique Cardoso, no Hospital Sírio Libanês, onde está inernada dona Marisa Letícia, que teve morte cerebral nesta quinta-feira (2). Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula| Foto: RICARDO STUCKERT

O Presidente Jair Bolsonaro merece críticas por sua postura durante a pandemia. Mas entre fazer críticas e demonizar o presidente, culpando-o por cada óbito, vai a diferença que separa gente séria de oportunista de olho em seu projeto de poder. E quando observamos a postura dos tucanos, fica claro que a imensa maioria se encontra no segundo grupo.

O que ganhou destaque hoje foi o tal manifesto de banqueiros e economistas contra governo. Elena Landau, Arminio Fraga e vários outros estão na lista. Ora bolas, são tucanos que fazem oposição a Bolsonaro desde o primeiro dia. Qual a notícia? Qual a novidade? Tucanos sendo tucanos, dando uma ajudinha para o Lula e o seu PT. No mais, Leandro Ruschel resumiu bem:

A carta dos "economistas" supostamente é sobre a pandemia, defendendo medidas sem eficácia, como o lockdown, mas revela sua verdadeira intenção mais para o meio do texto: o aumento do Estado, através de um "sistema de proteção social" mais efetivo. Resumindo: mais socialismo.

O problema é quando economistas se acham especialistas em viroses e epidemiologistas em economia, enquanto jornalistas juram saber de tudo! É complicado. Sandálias da humildade para todos! Leitura obrigatória: "A arrogância fatal", de Hayek. Que falta que faz!

Os mesmos que ridicularizavam a preocupação com a volta do PT, espalhando "e o PT?" ou "assim o PT volta" por todo canto, estão agora admitindo abertamente que, entre Lula e Bolsonaro, votam em Lula. Que coisa, não?

Tucanos são petistas com perfume francês. São como os Smiths de Matrix: todos iguais, agindo em prol do "sistema" e contra as liberdades individuais. Eles precisam manter as aparências, enganar o público. Enganam cada vez menos, porém...

A esquerda, que sempre demonizou banqueiros, hoje resolveu abrir uma exceção e os enaltece. Se é antibolsonaro, então está valendo! Vale tudo para derrubar o governo. Se todos viraram "especialistas" em tudo, não resta dúvidas de que o governador tucano de SP é o maior especialista do planeta em marketing. O engajamento da conta oficial do PSDB é um espanto! Assim como o fato de que o governador, pelo visto, trocou de profissão e agora é inspetor de carga - ao menos se houver câmeras por perto.

Mas a militância tucana na imprensa segue tentando atacar o governo Bolsonaro, inclusive seu ministro Paulo Guedes. É o caso de Vera Magalhães, da TV Cultura, que recebe uma fortuna indiretamente do governo estadual comandado por Doria.

Ora, deixa eu contar um segredinho: o liberal Paulo Guedes sempre esteve isolado dos tucanos, defensores da social-democracia. Alguns até aceitam parcialmente o programa liberal econômico, mas sua essência sempre foi defender o estado como locomotiva do progresso e da "justiça social".

Outro militante disfarçado de jornalista, um editor do Estadão, afirmou que Paulo Guedes é medíocre intelectualmente. O grau de arrogância dessa turma é um espanto!

Eis a verdade: nunca houve rixa verdadeira entre PT e PSDB. Era a estratégia das tesouras, uma briguinha entre família, da esquerda, na disputa pelo poder. Uma esquerda mais radical e outra mais moderada, ao menos nas aparências, e nada mais. Só trouxa acredita que tucanos fazem real oposição ao petismo...

Se depender desses tucanos, Lula volta sim, e eles ainda vão festejar!

81 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]