Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 |
| Foto:

Frequento o Jardim Botânico com a minha família e moro a menos de 1 quilômetro de lá. Todos os fins de semana ou feriados contínuos, comparecem no local turistas e os próprios curitibanos. E então ocorre um problema grave de atendimento na única lanchonete existente no local. Filas enormes para atender num espaço minúsculo a venda de produtos comestíveis. A prefeitura, ou órgão responsável, deveria criar outras lanchonetes no local, pois uma só é muito pouco. O atendimento na existente é horrível, pois parece que estão fazendo um favor em vender. Isso prejudica nossa imagem perante os turistas. Com outros locais de venda de alimentos e bebidas, talvez os ambulantes que trancam a calçada externa, saiam de lá. Poderiam, inclusive, abrir um espaço para esses ambulantes, porém em um local adequado no parque.

Tako Takuchi

Resposta

A prefeitura responde que os funcionários que atendem no bistrô do Jardim Botânico receberam orientações quanto à qualidade do atendimento prestado aos clientes. Diz que o Jardim Botânico tem fins científico e contemplativo e que, instalada com estrutura simples, a lanchonete existe para atender pequenas necessidades dos visitantes. Para refeições e lanches rápidos devem ser procurados pontos comerciais existentes nas imediações.

* * * *

Radares

Tenho percebido que novos postes estão sendo instalados nas ruas de Curitiba para receber radares. Com os valores coletados de multas, deveriam ser realizadas campanhas de educação no trânsito. Assim, não seriam necessários radares novos. Também acredito que se as pessoas estivessem trabalhando para arrumar nossas ruas, ao invés de instalarem esses multiplicadores de multas, talvez nosso trânsito melhorasse.

Ronaldo Przybyszewski

Resposta

De acordo com a prefeitura de Curitiba, a multa de trânsito é gerada pelo descumprimento às leis e à sinalização. A questão do comportamento dos cidadãos no trânsito tem sido tratada regularmente em campanhas feitas por meio da mídia ou ações desenvolvidas pelas equipes da Urbs, diz a prefeitura. Porém as irregularidades e imprudências são recorrentes, o que torna necessário o trabalho dos agentes de trânsito e dificulta ainda mais a fluidez nas ruas da cidade. Sobre a situação das ruas da cidade, a prefeitura informa que, só neste ano, pavimentou 258 quilômetros em 745 ruas. Mais 25 quilômetros, em 26 ruas, estão em obras e 56 quilômetros estão em processo de licitação.

* * * *

Pinhais

É revoltante ver as péssimas condições das ruas de Pinhais. O município se transformou num grande centro de operação tapa-buracos. Nas ruas não pavimentadas a situação é desoladora, como na estrada Ecológica, onde as ações de recuperação são ineficazes e malfeitas. Em alguns bairros a situação é crítica, pois os buracos já se tornaram comuns e numerosos, comprometendo a segurança e bem-estar do cidadão. Na época de eleições, os políticos fazem as carreatas por essas ruas, prometendo milhões de soluções e não cumprindo sequer uma. Certamente, na próxima eleição municipal, muitos eleitores lembrarão que os impostos pagos não têm o destino certo.

Paulo Estevam Gonçalves, Pinhais- PR

* * * * * * *

Buraco na rua? Ônibus demorado? Saneamento ineficiente? Corte de energia? Se você tem comentário a fazer sobre os serviços públicos, entre em contato com a coluna.

As mensagens selecionadas serão publicadas às segundas e quintas-feiras.

CENTRAL DE ATENDIMENTO AO LEITOR - Praça Carlos Gomes, 4 – CEP 80010-140 – Curitiba, PR Telefone (41) 3321-5999 – Fax (41) 3321-5159

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]