Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Jovens de 15 a 29 anos podem ter direito ao documento que permite fazer viagens interestaduais de ônibus, trem ou embarcação. de graça ou com desconto.
Jovens de 15 a 29 anos podem ter direito ao documento que permite fazer viagens interestaduais de ônibus, trem ou embarcação. de graça ou com desconto.| Foto: Bigstock

Não é preciso ser estudante para conseguir a Identidade Jovem, documento que permite viajar de graça ou com desconto pelo país. Todos os jovens de 15 a 29 anos inscritos no Cadastro Único do Governo Federal têm direito ao documento. Já são quase 500 mil jovens cadastrados, mas segundo estimativa da Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), 15 milhões de pessoas podem ter direito ao benefício.

A ID Jovem permite se deslocar entre estados diferentes e é válido para ônibus (na linha convencional), trem ou embarcação. O direito, instituído pelo Estatuto da Juventude, garante que duas vagas gratuitas sejam destinadas aos jovens portadores do documento em cada veículo de transporte interestadual. Após o preenchimento destas, mais duas vagas com desconto de 50% são cedidas para os passageiros com a ID Jovem.

Para conseguir o benefício, é preciso se inscrever no Cadastro Único do Governo Federal. Além de estar dentro da faixa etária beneficiada pelo programa (entre os 15 e os 29 anos), é preciso ter renda mensal de até dois salários mínimos, ter o Número de Identificação Social (NIS) impresso no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS ou na Carteira de Trabalho. O cadastro pode ser feito no site ou diretamente no aplicativo e a emissão do cartão é gratuita.

O documento pode ser feito pela site ou pelo aplicativo. Foto: Reprodução
O documento pode ser feito pela site ou pelo aplicativo. Foto: Reprodução

Pela internet, é só acessar o site da ID Jovem, preencher os dados solicitados e gerar o cartão. Na hora de utilizar, é preciso imprimir a imagem do cartão e apresentar no momento da compra do bilhete ou na entrada do ônibus, junto a um documento oficial com foto.

Já através do aplicativo (disponível para IOS, Windows Phone e Android), após o preenchimento dos dados solicitados, é gerado um cartão virtual. Para utilizá-lo, basta mostrar a imagem na tela do celular. A ID Jovem tem validade de 180 dias após a data da emissão. Quando expirar, é necessário fazer novamente a verificação dos dados e emitir um novo cartão.

Como comprar a passagem

A passagem deve ser solicitada com antecedência de, no mínimo, três horas em relação ao horário de partida do transporte. A isenção ou o desconto valem apenas para o valor da passagem — a taxa de embarque, pedágios ou quaisquer outras despesas são cobrados a parte.

A compra deve ser feita diretamente no guichê; já que a ID Jovem não é válida para compra pela internet Quando as vagas gratuitas e com desconto estiverem esgotadas, os jovens só poderão comprar outros assentos disponíveis pagando o valor integral.

Caso as empresas não aceitem o cartão, o jovem poderá solicitar justificativa formal da recusa por escrito, que deve constar a data, hora, local e motivo da recusa. Em seguida, poderá fazer uma denúncia na ouvidoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres ou pelo Disque 166.

O Programa ID Jovem abrange apenas viagens do serviço convencional de transporte interestadual de passageiros, por isso pode ser que exista oferta reduzida de horários. Para verificar se a linha desejada é convencional e se há mais horários disponíveis do que os informados pela empresa, é possível consultar online.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]