Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Israel, país do Oriente Médio às margens do Mar Mediterrâneo, é considerado a Terra Santa bíblica por judeus, cristãos e muçulmanos e está sendo cada vez mais procurado por turistas brasileiros.
Israel, país do Oriente Médio às margens do Mar Mediterrâneo, é considerado a Terra Santa bíblica por judeus, cristãos e muçulmanos e está sendo cada vez mais procurado por turistas brasileiros.| Foto: Divulgação

Israel fechou o mês de setembro com visitas de 9,6 mil turistas brasileiros, 92% a mais do que em 2017. O número faz com que os brasileiros estejam em 14º. lugar no ranking de emissores de turistas para o país. De acordo com dados do Ministério do Turismo de Israel, o interesse de turistas do mundo todo por Israel aumenta gradativamente pela diversidade de atrações e isso se reflete também no Brasil.

Entre janeiro e setembro de 2019, foram registradas 3,3 milhões de turistas no país, um aumento de 13% em relação aos 2,9 milhões do mesmo período do ano passado. O aumento desse ano fez com que o turismo trouxesse cerca de 4,7 bilhões de dólares para a economia local. Só em setembro, foram 581 milhões de dólares.

O diretor geral do Ministério do Turismo, Amir Halevi explica que o Ministério do Turismo de Israel está trabalhando constantemente para garantir a continuação dessas estatísticas recordes desenvolvendo novos produtos turísticos para atrair diferentes mercados como o turismo de aventura, por exemplo.

Saiba um pouco sobre as principais atrações

Tel Aviv
Tel Aviv, em Israel. Foto: divulgação
Tel Aviv, em Israel. Foto: divulgação

Considerado um dos 10 melhores destinos hedonistas do mundo, pela Lonely Planet, Tel Aviv é um dos principais locais para visitar em Israel. Com excelente clima praticamente durante todo o ano, é possível relaxar nos trechos deslumbrantes de praias douradas, percorrer os mercados coloridos, usufruir da cultura e entretenimento de vanguarda e aproveitar a excelente vida noturna e cena culinária. A arquitetura, com seus edifícios Bauhaus também fazem a cidade uma das mais interessantes e badaladas para os turistas.

A infraestrutura de Tel Aviv impressiona os visitantes. Foto: Divulgação
A infraestrutura de Tel Aviv impressiona os visitantes. Foto: Divulgação
Jerusalém
Cidade Murada, em Jerusalém. Foto: Divulgação
Cidade Murada, em Jerusalém. Foto: Divulgação

A cidade de 3 mil anos reúne inúmeros locais históricos e maravilhas arqueológicas. Seus caminhos mágicos e vistas magníficas impressionam os visitantes. São mais de 60 museus e mais de 90 hotéis com mais de 9 mil quartos à disposição para receber turistas que visitam anualmente os 30 festivais anuais da cidade.

A imponência da Torre de Davi. Foto: divulgação
A imponência da Torre de Davi. Foto: divulgação
Mar morto
Mar morto. Foto: Bigstock
Mar morto. Foto: Bigstock

O Mar Morto é oficialmente o lugar mais baixo da terra, a 428 m abaixo do nível do mar. Flutuar sobre as águas, tomar um banho de lama ou explorar a área em seus 330 dias de sol por ano é sempre uma atração para os turistas. Também é possível conhecer os spas naturais medicinais, as incríveis trilhas magníficas, restaurantes gourmet e de fast food e as opções de turismo de aventura

Dos poderes curativos das águas azul-cobalto do Mar Morto, à beleza impressionante da paisagem circundante e às inúmeras atrações que a área tem para oferecer, o local é um lugar de tranquilidade, saúde e inspiração para o corpo e a alma.

Eilat
Eilat. Foto: Divulgação
Eilat. Foto: Divulgação

Cidade mais ao sul em Israel, Eilat é famosa pela combinação das paisagens do deserto circundante, da bela baía e do sol que brilha durante todo o ano. É a capital do Mar Vermelho e a cidade-resort mais famosa de Israel, atraindo quase 2,8 milhões de turistas por ano.

Eilat é conhecida como a "cidade-resort". Foto: Divulgação.
Eilat é conhecida como a "cidade-resort". Foto: Divulgação.

Conhecer um pouco sobre a cultura local é fundamental para aproveitar melhor as atrações turísticas.

Veja algumas curiosidades sobre o país

A semana

O domingo é o primeiro dia da semana em Israel, não a segunda-feira. A semana de Israel difere da maioria dos países em todo o mundo. Os dias úteis são de domingo a quinta-feira e o fim de semana é sexta-feira e sábado. A maioria dos estabelecimentos está aberta às sextas-feiras até o início da tarde, que é o início do Shabat, que começa ao pôr do sol da sexta-feira e dura até pouco depois do pôr do sol do sábado.

Transporte

Israel é um país pequeno, o que torna a locomoção rápida e conveniente. Os táxis são comuns em Israel para viagens urbanas e intermunicipais e podem ser chamados na rua ou reservados via telefone ou aplicativos internacionais como GetTexi e Rider

Moeda

A moeda nacional é o Novo Shekel. Dinheiro local e estrangeiro pode ser utilizado em Israel em forma de cheques de viagem, cash e cartões de crédito. Dinheiro estrangeiro, de todos os tipos, pode ser trocado no aeroporto, bancos, correios e na maioria dos hotéis ou agências de câmbio licenciadas nas grandes cidades. Saques em dinheiro podem ser feitos facilmente nos muitos caixas eletrônicos com cartões de crédito ou de débito Internacionais.

O câmbio da moeda local (shekel) comparada ao real brasileiro hoje é de 1 para 1 aproximadamente, o que também atrai os turistas brasileiros.

Clima

Com cerca de apenas 40 dias chuvosos por ano em média, Israel é conhecido por ser ensolarado. Mesmo assim, é um país de quatro estações. Os verões são longos, com duração de abril a outubro. As mais altas temperaturas e umidade são geralmente em torno de julho e agosto. O outono e o inverno vão de novembro a março. A cidade de Eilat, ao sul do país, tem cerca de 360 dias de sol por ano. É a cidade com as temperaturas mais quentes de Israel.

Idiomas

A língua nacional de Israel é o hebraico moderno e os idiomas oficiais são o hebraico e o árabe. Inglês é a língua principal de comunicação com os estrangeiros, falado e compreendido pela maioria. Um grande número de israelenses fala línguas maternas diferentes, desde russo, francês, espanhol, amárico e outros.

Como chegar

A chegada aérea a Israel acontece pelo Aeroporto Ben Gurion. O aeroporto internacional fica na estrada que liga Tel Aviv à Jerusalém. Há fácil disponibilidade de serviços de transportes: táxis em frente ao portão principal do aeroporto, bem como um serviço regular de ônibus e trens diretos ou de ligação entre o Aeroporto Ben Gurion e o restante de Israel.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]