i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Entrevista

Automutilação: o que está por trás de mais esta patologia mental da modernidade

  • 09/03/2020 19:15
  • Atualizado em 09/03/2020 às 23:25
Doenças mentais modernas incluem a automutilação |Foto ilustrativa
Doenças mentais modernas incluem a automutilação |Foto ilustrativa| Foto: Pixabay

Parecia apenas guerra ideológica, mas as consequências do massacre cultural a que os jovens brasileiros foram expostos nas duas últimas décadas começam a aparecer nos consultórios e hospitais psiquiátricos. Uma delas é o crescimento vertiginoso da automutilação entre jovens que, muitas vezes, traz sinais de perdas mais graves e é a antessala do suicídio.

A observação é da médica psiquiatra radicada em Curitiba Ana Cristina Cardoso Lemos Malheiros, com 30 anos de experiência de atendimentos em clínicas e hospitais psiquiátricos.

Hoje, segundo ela, a cada semana chegam de dois a três novos pacientes com quadro de automutilação no Centro de Atenção Psicossocial para pessoas com transtorno mental da prefeitura de Curitiba (CAPS-TM), onde a médica trabalha. Como a média semanal de atendimentos é de 40 pessoas, a autoagressão física atinge em torno de 7% dos casos psiquiátricos atendidos pela médica.

A maioria dos que chegam procurando ajuda para parar de se cortar são mulheres, entre 18 e 25 anos, em geral, sem religião e com histórico de conflitos familiares.

Ela frisa que esse quadro simplesmente não existia até a década passada, quando os atendimentos nos hospitais psiquiátricos eram quase sempre de pessoas com quadros psicóticos, transtornos bipolares ou depressão recorrente.

Quanto à automutilação, a médica psiquiátrica destaca que “são pessoas que não conseguem enfrentar as dificuldades naturais do desenvolvimento humano por não terem um repertório emocional, por causa de uma precarização de cuidados desde a infância, muitas vezes em famílias desestruturadas. E então, em geral, começam a desrespeitar o próprio físico. Não existe espiritualidade, por isso elas não veem necessidade de cuidar do corpo. Cabe todo tipo de profanação. Muitas começam por se tatuar em excesso e seguem para as autoagressões.”

Segundo a psiquiatra, um padrão repetido na guerra cultural é o desprezo à família tradicional e a desconstrução das relações entre pais e filhos, aliados a uma série de outros fatores, como a enxurrada de desenhos, seriados e filmes violentos; vídeos de "influenciadores digitais" desqualificando a família, os costumes, a fé e a religião; livros, artigos e músicas banalizando as relações humanas e o amor, pregando o ódio e a libertação do desejo reprimido, estimulando o sexo precoce e a troca frequente de parceiros.

"Os comportamentos sociais modernos geram uma sequência de fracassos a cada etapa da vida. Com a família desestruturada, não há ambiente propício para o desenvolvimento saudável da criança e do adolescente. A falta de amor gera vítimas. Muitas vezes, faltam o colo, o aconchego, o carinho e a proteção necessários para que a criança supere os desafios de cada etapa do crescimento. Com isso, ela chega à puberdade enfraquecida emocionalmente, desesperançada e se sentindo sem valor. E é nesse quadro que começa a automutilação, já que eles se veem despreparados para enfrentar os desafios da vida adulta", diz a psiquiatra Ana Cristina Malheiros.

Como identificar e tratar a automutilação

Para os pais, a médica psiquiátrica aconselha observação e atenção a mudanças de comportamento dos jovens. Tendência a se isolar dos adultos é comum na adolescência, mas tristeza, não. Jovens que passam a vestir apenas calças compridas e mangas longas, mesmo nos dias mais quentes, podem estar querendo esconder machucados que tenham sido provocados por eles mesmos. Presença, diálogo e afeto são as melhores formas de evitar que a situação se agrave, mas acompanhamento psicológico é fundamental.

Em Curitiba, quem procura o Centro de Atenção Psicossocial TM (sigla para transtorno mental), normalmente vem encaminhado de um posto de saúde. O CAPS-TM oferece tratamentos com oficinas terapêuticas ou mesmo internação nos casos mais graves.

A Dra. Ana Cristina relata que os pacientes chegam tão esvaziados e desesperançosos e que não veem mais a importância da vida. “Minha missão é mostrar para eles que viver vale a pena. Só assim eles se sentem acolhidos. É preciso ouvir.”

"Há muito sofrimento, por mais banal que pareça o motivo. A última gota do copo cheio é precedida por uma série de sofrimentos. A automutilação é apenas um sintoma, que pode levar ao suicídio se não for tratada", explica a psiquiatra.

No consultório, o trabalho do psiquiatra, além de medicar quando preciso, é ouvir o paciente e orientá-lo. A psicoterapia pode incluir também o tratamento da família, já que alguns doentes relatam ter sido vítimas de pedofilia e sofrido traumas na infância que culminam no ato de se automutilar, como uma espécie de autodesvalorização ou até mesmo de punição.

LEIA TAMBÉM

Ideologia de gênero: o preço do suicídio social

Como ajudar um filho adolescente a lidar com seus sentimentos

As primeiras feministas estavam certas sobre a vida humana ainda por nascer

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 16 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • C

    Celito Medeiros

    ± 5 dias

    A prática de auto mutilação existe no CID10 (Boderline) há muitos anos, nada tem a ver com política, religião, família ou classe social. Sentem-se culpados por questões causadas a nível subconsciente. Afirmam sentir-se aliviados em se punirem. Nem todos possuem os mesmos motivos. São Jovens que encontram esta sociedade caótica, perdem o foco, acabam os sonhos. Fracassam ao não terem profissionais competentes para lidar com isto. Não é falta de amor e parem de culpar os Pais. Ninguém tem culpa de ser um portador de Doenças Mentais. Isto não se trata e nem se resolve com Remédios, mas Terapia na área de Saúde Mental, a Psique, a Alma, inexistente para o público.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • B

      BS.

      ± 5 dias

      Concordo em partes. No entanto há doenças que causam isso, como a depressão.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    SAW

    ± 5 dias

    Meu Deus! Tudo agora é culpa da "guerra ideológica"! Depressão, falta de educação, problemas alimentares, disfunção sexual, dor de barriga. Cada adolescente que serra o braço é porque é fã do Lula e do Chê. O mundo científico brasileiro agora encontrou uma linha de pesquisa que vai solucionar o mundo: cápsulas de direita distribuídas gratuitamente. Acabando com o vírus da esquerda, logo na próxima esquina acharemos o paraíso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marko

      ± 2 dias

      Não tudo. Mas uma enorme parte, com certeza! E não necessariamente pílulas de direita seriam "curas", mas certamente o esquerdismo é uma doença...

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Everaldo Basso

    ± 5 dias

    É a popular "falta de laço" !!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Luiz C F Pessoa

    ± 5 dias

    Como psicólogo este tem sido um desafio diário, concordo com tudo o que foi dito e acrescento a glamourização da dor e do sofrimento e a falta cada vez maior de pessoas dispostas a escutar, todos vivemos um grande monólogo, um preocupante mimimi que não nos leva a lugar algum.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maquiavel

    ± 5 dias

    No final, os que sobreviverem ainda vão sair nas ruas com cartazes Bebado de Garanhuns Livre...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marko

    ± 5 dias

    Ótimo texto, obrigado. Tudo dito aí é real, principalment ea parte da falta da família e aquela parte dos "influenciadores digitais", esses ********* que difamam a família o tempo todo e promovem a libertinagem, ignorância, estupidez e tudo de ruim que possa existir. Esses influenciadores e 95% das causas disso tudo, são sim fruto da engenharia social esquerdista, só não vê quem não quer. Enfim, mas é bom saber que há reação.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Marko

      ± 5 dias

      orra, censuram a palavra p*i*l*a*n*t*r*a*s ... é o que grande parte deles são mesmo. Principalmente os mais famosos, tipo aquele nojento do cabelo colorido, um imenso hipócrita (para não falar outra coisa né)... Enfim.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Marcos eisenschlag

    ± 5 dias

    Os resultados esperados pela Escola de Frankfurt. Manipule este jovem e diga-lhe que quem o deixou assim foi a opressao do patriarcado e do capital e pronto: voce tera um revolucionario sem amarras morais disposto a tudo em prol de uma religiao politica.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edivaldo S

    ± 5 dias

    " desprezo a família tradicional"... estudar, trabalhar, religião... perdeu se a responsabilidade de fazer, de ser útil. Só reclama e não produz, quando ninguém lhe presta atenção (ou está de Sa co cheio) para chamar a atenção o sujeito inventa mais uma....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • T

    Terrivelmente

    ± 5 dias

    Existem famílias que existem em estrutura, mas não dá para dizer que são verdadeiras famílias, quando o amor, o aconchego e tantos outros atributos não existem. Pais estúpidos, parentes estúpidos, desapreço pelo outro, brigas familiares constantes. O ser atormentado por este mal é uma vítima, que, à medida que fica adulto, passa a ser responsabilizado até mesmo pelos parentes, por "ser assim". E em uma época onde o amor paterno / materno não é verdadeiro, criam-se pessoas desestruturadas emocionalmente. Muitas pessoas nascem como se fossem crias, gatos. Neste ponto sou a favor do aborto, para evitar sofrimento futuro e infelicidade.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Mirtão

      ± 5 dias

      É o resultado de 15 anos de lulopetismo em querer desestruturar famílias e exaltar ideologia de gênero bandidagem e tudo o mais que você já sabe e que agora, meio que sem quere, adimitiu. Né vermelhoide!?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    VBSB

    ± 5 dias

    Mais uma maravilha trazida pelos vermelhos...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    2 Respostas
    • M

      Mirtão

      ± 5 dias

      Terrivelmente: claro meu chapa. Leia a cartilha de Lênin. Aquela adotada pelo pt.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • T

      Terrivelmente

      ± 5 dias

      Tá, culpa do PT. Tá bom.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.