Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Em carta a Bolsonaro, entidades criticam uso político e ideológico da pandemia
| Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

Entidades da sociedade civil e profissionais liberais assinam uma carta em que criticam o uso político e ideológico do coronavírus e também afirmam que direitos têm sido violados no Brasil durante a pandemia. O destinatário do documento é o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e representantes dos movimentos pretendem entregar a "Carta do Brasil - 2021" ao chefe do Executivo neste sábado, 1.º de maio, feriado do Dia do Trabalho.

Alguns dos grupos que assinam a carta são: Movimento Legislação e Vida, Médicos pela Vida, Organização Mundial pela Vida, Brasil Vencendo a Covid 19, Associação Nacional de Comunicadores Independentes, Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, União dos Advogados do Brasil, entre outros.

“Manifestamo-nos com grande apreensão à violação de direitos civis e humanos, consagrados em nossa Constituição Federal, que estão sendo solapados a cada dia, com medidas abusivas, antinaturais e desumanas. A pandemia do coronavírus tem sido instrumentalizada para fins que extrapolam o combate à Covid 19, medidas essas que têm trazido danos ainda maiores à sociedade, ceifando vidas humanas em proporção devastadora. Danos esses que poderiam ser mitigados se tais medidas fossem realmente voltadas ao combate do SARS-CoV-2, sem que a politização da pandemia favorecesse fortes interesses ideológicos e econômicos, como temos visto, em nível global”, afirmam em um trecho da carta.

Leia a "Carta do Brasil - 2021" na íntegra

44 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]