i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Criminosos fazem arrastão em restaurante de São Paulo

Assaltantes armados chegaram ao estabelecimento por volta das 23h30, pegaram pertences dos clientes e fugiram a pé

  • PorFolhapress
  • 31/05/2013 08:21

Três homens armados fizeram, na noite de quinta-feira (30), mais um arrastão em São Paulo. O alvo desta vez foi o restaurante Ruella, no Itaim Bibi, na zona sul da capital paulista.

Segundo informações da Policia Militar, os criminosos chegaram ao local, que fica na Rua João Cachoeira, por volta das 23h30. Eles levaram pertences pessoais dos clientes e fugiram a pé. A ação durou cerca de cinco minutos, disse a PM. Até o momento não se sabe o paradeiro dos criminosos.

Danielle Dahoui, 43, proprietária do restaurante há 17 anos, disse que antes de anunciarem o assalto, o trio rendeu três seguranças e dois motoristas que estavam na porta do estabelecimento. "Eles chegaram como se fossem clientes, porém, antes de entrar eles renderam os funcionários com uma arma. Eles foram obrigados a entrar, em fila, no salão e depois anunciaram o assalto com uma naturalidade incrível", disse à reportagem.

No total, cerca de 80 clientes estavam no momento do assalto e 20 deles foram roubados. "Eles queriam, principalmente, celulares, relógios e dinheiro. Tudo foi muito rápido e um deles chegou a dizer 'vamos logo que aqui sempre passa polícia', ou seja, eles conheciam a região", explicou Danielle que é dona de outros seis restaurantes na região.

O jornalista e apresentador do "CQC" da Band, Felipe Andreoli, estava no restaurante com a família e publicou o ocorrido em uma rede social. "Entraram dizendo que iam dar tiro em quem escondesse as coisas. É a segunda vez em 2 meses que alguém da minha família passa por isso no bairro do Itaim. Não duvido que seja o mesmo grupo", disse em sua conta no Twitter.

De acordo com Andreoli, a mesa onde sua família jantava estava no fundo do restaurante e os criminosos só roubaram um celular e uma joia. Ninguém ficou ferido.

O caso foi registrado no 14º DP (Pinheiros). Na região há uma outra delegacia (15º DP) entretanto, o local estava fechado no momento do assalto. De acordo com Danielle Dahoui, a região é pouco patrulhada. "O Estado precisa olhar com mais critério para esta onda de crimes que está ocorrendo, pois a gastronomia é patrimônio da cidade. É preciso ampliar o efetivo para garantir a segurança. Não adianta colocarmos mais segurança privada, pois minha ordem sempre será a de não reagir".

O restaurante está equipado com sistema de vigilância por câmeras e as imagens do circuito interno serão cedidas à polícia para ajudar nas investigações. Por enquanto, segundo a Polícia Civil, o crime não tem relação com outros casos registrados em São Paulo.

Outros casos

Com este, São Paulo registra 21 arrastões a bares e restaurantes somente neste ano. Na noite da última segunda-feira uma pizzaria na Vila Mariana, na zona sul, foi alvo dos criminosos.

Cinco homens fizeram um arrastão na pizzaria Forno da Vila, na rua Capitão Macedo, por volta das 21h15. No momento em que o crime ocorreu, um grupo comemorava um aniversário no local. Ninguém ficou ferido.

Nesse caso a polícia conseguiu identificar o paradeiro dos criminosos e no dia seguinte ao crime um dos suspeitos foi morto durante troca de tiros. O resto do bando conseguiu fugir e segue desaparecido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

    Fim dos comentários.