i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio de Janeiro

Papa ficou retido em engarrafamento por escolha do Vaticano, diz Ministério da Justiça

Segundo o comunicado da pasta e da prefeitura, a interdição da via que seria usada pelo comboio papal não estava prevista, já que bloqueios de vias ocorrerão somente nos locais onde o pontífice circular em carro aberto

  • PorAgência Brasil
  • 23/07/2013 06:06

A retenção do comboio que levava o papa Francisco da Base Aérea do Galeão ao centro do Rio de Janeiro em um engarrafamento, na tarde de ontem (22), decorreu de uma escolha do próprio Vaticano. A informação foi divulgada em nota conjunta da prefeitura do Rio de Janeiro e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça.

"A retenção ocorrida na Avenida Presidente Vargas decorreu de uma série de fatores, em especial, opções do próprio Vaticano, relativas à visibilidade e ao contato com os peregrinos, manifestadas pelo papa. A velocidade reduzida do comboio e a janela do veículo aberta são fatos que demonstram o perfil do pontífice e incentivam a aproximação dos fiéis", diz a nota.

Segundo o comunicado divulgado na noite de ontem, a interdição da via que seria usada pelo comboio papal não estava prevista, já que bloqueios de vias ocorrerão somente nos locais onde o pontífice circular em carro aberto.

Durante reunião na noite de ontem, na sede do Centro Integrado de Comando e Controle do Rio de Janeiro, as autoridades públicas responsáveis pela segurança e mobilidade do papa consideraram o dia positivo, uma vez que "não ocorreu qualquer incidente envolvendo o papa ou qualquer dos fiéis presentes".

A prefeitura do Rio também deverá reforçar a representação no Centro de Comando e Controle a partir de amanhã, para agilizar o processo de tomada de decisões e para evitar que uma informação disponível não chegue ao conhecimento da cúpula do Executivo local.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.