i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Curitiba

Ex-segurança é preso tentando arrombar caixa eletrônico de shopping

O homem era funcionário do estabelecimento, que fica no Bigorrilho, e havia sido demitido há um mês; ele agia acompanhado por um adolescente

  • PorPatricia Pereira
  • [05/06/2012] [16:37]
Polícia recupera R$ 42.950,00 que havia sido retirado de caixa eletrônico | Divulgação / Polícia Militar
Polícia recupera R$ 42.950,00 que havia sido retirado de caixa eletrônico| Foto: Divulgação / Polícia Militar
  • Material apreendido inclui carrinho de supermercado e cilindro de oxigênio

Um homem e um adolescente foram flagrados pela polícia na madrugada desta terça-feira (5) ao tentar arrombar um caixa eletrônico do Polloshop Champagnat, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. O homem é um ex-segurança do estabelecimento que foi demitido há cerca de um mês.

Os dois foram detidos por volta da 0h30. De acordo com informação da Polícia Militar, eles entraram pelo estacionamento enquanto o shopping ainda estava aberto e aguardaram até o fechamento. Um vigilante que fazia a ronda no local percebeu uma fumaça e viu que duas pessoas arrombavam um caixa eletrônico com um maçarico. Ele ligou para a PM e o shopping foi cercado. Os suspeitos tentaram fugir quando perceberam a presença da polícia, mas foram contidos em seguida.

De acordo com o Capitão Toledo, o homem disse à polícia que era ex-funcionário do shopping e que não recebeu o valor devido pela empresa no momento da demissão. Ele conhecia bem o local e tentou fugir por uma passagem conhecida somente por funcionários.

Foram apreendidos um revólver calibre 38, um carrinho de supermercado, maçarico, pé de cabra, alicate, cilindro de oxigênio, botijão de gás, duas toucas balaclavas, luvas e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 42.950,00 em notas de R$ 10 e R$ 20, que eles já haviam retirado do caixa.

O suspeito afirmou que o adolescente era parente dele e que alguns dos itens usados no arrombamento tinham sido comprados do pai do menor. "Ele contou como conseguiu e quanto pagou, por isso acreditamos que tenha mais gente envolvida no fornecimento desses materiais", afirmou o capitão.

Eles estavam com um Renault Clio preto, que estava com a placa adulterada. "Ele transformou a letra ‘L’ em um ‘U’ com fita adesiva. Foi um crime premeditado". O veículo é do suspeito. Ele não tinha passagem pela polícia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.