Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O feriado nacional do Dia de Finados foi de atrasos e cancelamentos nos aeroportos brasileiros. Um boletim divulgado pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) no início da tarde de ontem dizia que os aeroportos já registravam uma taxa de 18,6% dos 1.074 vôos programados entre meia-noite e 14 horas com atrasos superiores a uma hora. O porcentual de vôos cancelados era de 15,2%. Ao todo, eram 200 vôos atrasados e 163 cancelados.

Mais graves

Ainda de acordo com o balanço divulgado pela estatal, as situações mais complicadas aconteceram nos aeroportos internacionais do Galeão (RJ) e de Guarulhos (SP). No Rio, de 95 vôos programados, 25 tiveram atrasos de mais de uma hora, o que dá um porcentual de 26,3% de atrasos. Em Guarulhos, de 150 vôos programados, 28 tiveram atrasos ou 18,7%.

No início da noite, o aeroporto de Guarulhos e também o de Congonhas, na capital paulista, operavam sem restrições. Em Congonhas, às 18 horas, dez das 193 partidas programadas registravam mais de uma hora de atraso, número considerado normal. Já em Guarulhos, 33 das 187 partidas previstas tinham atraso de mais de uma hora, índice também considerado normal para um feriado e uma sexta-feira.

No aeroporto do Galeão, no Rio, também às 18 horas, 32 partidas tinham atraso de mais de uma hora, o equivalente a 24,8% do total previsto até o horário.

Curitiba

No Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, às 19 horas, o site da Infraero informava o atraso de dois vôos para Cascavel (PR) e 15 cancelamentos, entre chegadas e partidas. Os destinos que apresentavam maior número de cancelamentos eram São Paulo (7) e Porto Alegre (4).

A expectativa da Infraero, segundo a assessoria de imprensa, é que no domingo, data em que muitos passageiros voltarão de suas viagens de feriado, o movimento se normalize.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]