Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

10,5% de aumento foi a evolução registrada no número de matrículas nas creches em relação a 2011. Nes­te ano, 2,5 milhões de crianças com até 3 anos estavam matriculadas na educação infantil. A universalização da educação infantil no país é a primeira meta do Plano Nacional de Educação (PNE), que tramita no Senado Federal.

O Ministério da Educação (MEC) publicou ontem os da­­dos completos do Censo Es­­co­­lar de 2012. Atualmente, são 29,7 milhões de estudantes no ensino fundamental em todo o Brasil – em 2011, esse número alcançou 30,3 milhões de alunos. É a etapa que reúne o maior número de estudantes no país.

O ensino em tempo integral, modalidade dentro do ensino fundamental, registrou um aumento de 24,4 % em relação a 2011. Foram registradas 2,1 milhões de matrículas nas redes pública e privada este ano.

Ao todo, a educação básica (infantil, fundamental e ensino médio) matriculou este ano 50,5 milhões de estudan­­tes. Entre as razões para a queda nas matrículas do ensino fundamental, pode estar a re­­du­­ção do grupo populacional na faixa etária de 6 a 10 anos, grupo correspondente aos anos iniciais dessa etapa.

A rede municipal concentra a maior parte das matrículas da educação fundamental, com 16,3 milhões de estudantes. Em seguida está a rede estadual, com 9 milhões, e a particular, com 4,2 milhões. A rede federal tem 24,7 mil alunos nesta etapa de ensino.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]