Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os funcionários do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) devem manter a greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira. Apenas seis serviços considerados essenciais pelo Sindicato dos Servidores do Detran-PR (Sisdep) são mantidos em todo o estado. A greve foi deflagrada após assembleia da categoria na terça-feira 9 de dezembro.

Ainda ontem, a secretária do Sisdep, Silvia Penerotti, disse que a adesão à greve é alta e que só na segunda-feira o movimento teria atingido 90% das Ciretrans (Circunscrições Regionais de Trânsito). O Detran-PR, porém, informou que o atendimento foi normal nesse dia em 68% das Ciretrans.

O comando de greve mantém para a população os serviços de primeiro emplacamento para veículo zero quilômetro, liberações de veículos apreendidos pela Polícia Militar (PM), liberação de documentos para veículos de serviços emergenciais (como ambulâncias), renovação de habilitação com vencimento em 30 dias, exames práticos para a primeira habilitação cujo pro­cesso vence em 30 dias e re­cebimento e devolução de habilitação suspensa.

Entre as reivindicações, os servidores exigem do governo a efetivação de um plano de carreira para a categoria.

Em nota, o Detran alegou que o processo de criação do quadro próprio dos funcionários do órgão está "na Coordenadoria Técnica Legislativa, da Casa Civil, para redação da mensagem do Executivo a ser encaminhada à Assembleia Legislativa".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]