Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Na próxima segunda-feira, 4 de outubro, começa a segunda temporada do programa Hora do Strike, aqui na Gazeta do Povo. Os novos episódios foram viabilizados graças ao apoio dos leitores, que, ao assinarem o jornal, podem se tornar também apoiadores da iniciativa, que tem como proposta debater os principais assuntos da política brasileira com os maiores influenciadores liberais e conservadores do YouTube.

>> Faça parte do canal de Vida e Cidadania no Telegram

De acordo com a jornalista Cristina Graeml, que comanda a atração, a próxima temporada já chega com novidades. A principal delas é o reforço do time de comentaristas fixos do programa. Além de Kim Paim, analista político e criador do canal homônimo; e Gustavo Gayer, empresário e proprietário do canal Papo Conservador, o Hora do Strike passa a ter também a participação quinzenal de Bárbara Destafani, do canal Te Atualizei. Com mais de 1,4 milhão de seguidores em seu canal, Bárbara é conhecida por seus comentários contundentes sobre política.

“A Bárbara é uma dona de casa que adora política, acompanha desde adolescente, e que resolveu abrir um canal para falar sobre política porque estava muito indignada com as coisas que ela via acontecendo no Brasil”, explica Cristina Graeml. O primeiro programa da nova temporada do Hora do Strike já contará com a participação da comentarista.

Além de Bárbara, foi acertada a participação de outros dois comentaristas convidados que irão se revezar no ar: o jornalista Luís Ernesto Lacombe, que também é colunista na Gazeta do Povo, e o influenciador digital Leandro Ruschel. Ambos já são bem conhecidos do público do Hora do Strike, tendo participado de vários episódios da primeira temporada.

Novo horário do Hora do Strike

Outra novidade é alteração do horário do programa. Na primeira temporada, o Hora do Strike era transmitido ao vivo toda segunda-feira, das 19 às 20 horas. Mas o público pediu que o horário fosse alterado. “Tivemos muita demanda em relação a isso. E aqui nós ouvimos e atendemos nossa audiência. Então a segunda temporada do Hora do Strike vai ser toda segunda-feira, sempre das 20 às 21 horas”, adianta Cristina.

O programa vai continuar a ser transmitido ao vivo pelo site da Gazeta do Povo, com transmissão simultânea no canal do YouTube do jornal e também nas redes sociais do veículo. No total, a segunda temporada deverá ter mais 11 episódios.

A jornalista ainda reforça o agradecimento aos assinantes da Gazeta do Povo que viabilizaram tanto a primeira quanto a segunda temporada do Hora do Strike. Ela lembra que são as assinaturas que mantém a possibilidade de que projetos como o Hora do Strike saiam do papel e levem ao público análises políticas sem medo do politicamente correto ou das patrulhas de cancelamento.

“O Hora do Strike é um programa patrocinado exclusivamente pelos assinantes da Gazeta do Povo. Graças a eles, conseguimos fazer mais uma temporada do programa, e trazer ao público visões que não se encontram em outros lugares”, salienta a jornalista Cristina Graeml.

Outras temporadas do Hora do Strike e a produção de mais conteúdos de qualidade e que fazem a diferença dependem do apoio da comunidade. Se você gosta do Hora do Strike e da Gazeta do Povo e ainda não é um assinante, clique aqui e contribua com nosso projeto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]