Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Avenida Paraná é uma das avenidas que será transformada em binário | Ivan Amorim/Gazeta do Povo
Avenida Paraná é uma das avenidas que será transformada em binário| Foto: Ivan Amorim/Gazeta do Povo

A Prefeitura de Maringá abriu licitação para execução das obras dos binários que vão ser construídos nas Avenidas Paraná, Duque de Caxias, Herval e São Paulo. As alterações no trânsito fazem parte do novo sistema viário que deve ser implantado na cidade, numa tentativa de melhorar o fluxo de veículos. As vias vão sofrer modificações nos canteiros centrais para receber as pistas. De acordo com o edital publicado na semana passada, as obras dos binários devem custar até R$ 555.167,93. A previsão é de que em fevereiro de 2010, as obras estejam finalizadas.

A empresa de engenharia responsável pelas obras será escolhida pela modalidade de concorrência. Os envelopes com os documentos de habilitação e com a proposta de preços das empreiteiras serão abertos no dia 13 de novembro. O prazo para execução da obra é de 90 dias corridos, a partir da assinatura do contrato.

De acordo com o secretário de transportes, Walter Guerlles, caso não haja nenhum problema no decorrer da licitação, as obras vão ficar prontas em fevereiro de 2010. "A execução do projeto dos binários é urgente. Faz parte do programa para otimizar o sistema viário da cidade", disse.

Guerles disse ainda que esta é a primeira fase de uma sequência de mudanças no trânsito da região central. O dinheiro para o novo projeto viário da região foi liberado pelos vereadores em agosto, aproximadamente R$1,8 milhão. Segundo Guerles, o valor será ressarcido ao final do projeto pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Avenida Brasil

A partir do próximo ano, a Avenida Brasil, principal via de Maringá, vai passar por uma transformação completa que também fará parte do novo sistema. Um projeto conduzido por um comitê que envolve as principais secretarias do município pretende melhorar o trânsito no local, estabelecendo fluxo de mão única na via, ampliando as calçadas que a cercam e criando uma faixa preferencial para ônibus, além de eliminar o estacionamento central.

O projeto de revitalização da Avenida Brasil é estimado em US$ 9,45 milhões. Cerca de 85% (US$ 8 milhões e 100 mil) vai ser financiado pelo BID, mas a quantia ainda não foi liberada. O restante, 15 % (US$ 1 milhão e 350 mil), será custeado com recursos do município. "A revitalização da Brasil faz parte da segunda etapa do nosso projeto e deve demorar um pouco mais", explicou Guerlles.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]