i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
SP

MP denuncia por tentativa de homicídio motorista que jogou braço de ciclista em rio

A prisão dele havia sido decretada no dia 14, mas, nesta quinta-feira, o desembargador Breno Guimarães, da 12ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu liberdade ao estudante

  • PorAgência O Globo
  • 22/03/2013 14:02

O Ministério Público (MP) denunciou nesta quinta-feira (21) à Justiça, por tentativa de homicídio com dolo eventual, o estudante de Psicologia Alex Kozloff Siwek, acusado de atropelar o ciclista David Santos Sousa, na Avenida Paulista, no último dia 10. Após o atropelamento, Siwek fugiu sem prestar socorro e jogou o braço do ciclista em um córrego. A prisão dele havia sido decretada no dia 14, mas, nesta quinta-feira, o desembargador Breno Guimarães, da 12ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu liberdade ao estudante de Psicologia.

Em sua denúncia, a promotora de Justiça Maria Beatriz Goi Porto Alves diz que Siwek assumiu o risco de provocar a morte do ciclista "diante da forma tresloucada que conduzia seu automóvel (sob influência de álcool, em alta velocidade, ziguezagueando, ingressando em pista fechada ao tráfego de veículos e destinada à ciclovia), bem como em decorrência de suas atitudes posteriores, uma vez que se evadiu do local, omitindo socorro, levando o braço de David em seu carro, deixando a vítima largada na via pública, demonstrando total ausência de compaixão e piedade, de modo que se dele dependesse a vida da vítima, ela certamente estaria morta, pois se não fosse pela intervenção e socorro prestados por terceiros David não teria sobrevivido".

Diz Maria Beatriz, ainda, que Siwek se desfez do braço amputado de David, arremessando-o em um córrego existente na Avenida Ricardo Jaffet, na Zona Sul da capital paulista, "demonstrando mais uma vez sua frieza" e retirando da vítima a possibilidade de um reimplante.

Ciclistas cobram Haddad

Ciclistas da capital paulista reuniram-se no início da manhã desta sexta-feira (22) com o prefeito Fernando Haddad para propor ações que visem à valorização e a proteção das pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte na cidade. O governo municipal se comprometeu a anunciar investimentos para ampliação de ciclovias e ciclofaixas na próxima terça-feira.

A reunião foi agendada no último domingo, após protesto feito pelos ciclistas na Avenida Paulista. Eles encerraram o ato em frente ao prédio em que Haddad mora, no bairro Vila Mariana. O movimento foi encerrado depois que Frederico Haddad, filho do prefeito, comprometeu-se a marcar a audiência.

Durante o encontro, ficou acertada ainda a produção de um plano de comunicação para conscientizar motoristas sobre a importância de uma convivência harmônica no trânsito. Além disso, a prefeitura deverá dedicar mais orçamento para a área.

Nesta quinta-feira, uma ciclista que foi atropelada em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo. O último balanço de mortes no trânsito paulistano, divulgado no dia 13 de março pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), informa que o número de mortes de ciclistas no ano passado aumentou 5,7%. Foram 52 vítimas do trânsito em 2012 ante 49 no ano anterior.

Também é alto o número de ciclistas que são internados em hospitais públicos do estado de São Paulo vítimas de acidentes de trânsito. No ano passado, foram 3,2 mil pessoas, uma média de nove por dia. A cada dois dias, um desses pacientes morre. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.