i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
"Serviço essencial"

ONU “lamenta” que Estados Unidos tentem restringir aborto durante a pandemia

  • PorIsabelle Barone
  • [02/06/2020] [17:12]
Protesto nos Estados Unidos em prol dos nascituros.| Foto: Unsplash

O Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) diz "lamentar" que os Estados Unidos estejam atuando a fim de restringir o aborto durante a pandemia. Segundo o órgão, o país está "manipulando" a crise para proibir a interrupção voluntária da gravidez. Pelo menos oito estados norte-americanos suspenderam esses procedimentos durante a crise sanitária decorrente da Covid-19.

A declaração foi registrada na última quarta-feira (27), em resposta à Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (Usaid). A ONU, no entanto, se limita a dizer que a afirmação parte de "especialistas independentes" do órgão.

Em maio, John Barsa, administrador interino da Usaid, enviou ofício à ONU, exortando-a por "estar se utilizando da crise sanitária para promover o aborto como serviço essencial". Dias antes, a OMS havia publicado um plano de resposta global à pandemia, que foi interpretado por parte da comunidade internacional como uma tentativa velada de promoção do aborto e intimidação aos países-membros. No documento, a organização sugere protocolos, pedindo que os países identifiquem e garantam à população serviços essenciais, tais como: atividades relacionadas à saúde reprodutiva durante a gravidez e no parto.

Embora o aborto não tenha sido diretamente citado, algumas autoridades lembram que o termo "saúde sexual e reprodutiva" tem sido usado como um eufemismo para a interrupção voluntária da gravidez. De fato, os países-membros se encontram divididos quanto ao uso do termo e seus derivados, além de ser esse um dos temas mais polarizantes nas negociações da ONU. Apesar das críticas, a resolução foi aprovada por unanimidade pelos 194 países-membros da OMS, incluindo o Brasil.

"Infelizmente, o plano de resposta à pandemia faz isso [promove o aborto], à medida em que estabelece a necessidade de provisão de serviços de saúde sexual e reprodutiva no mesmo nível de importância que assistência à segurança alimentar, cuidados essenciais de saúde, desnutrição, abrigo e saneamento", afirmou Barsa.

Em resposta, os especialistas da ONU disseram estar "preocupados com o fato de que alguns estados dos EUA - como Texas, Oklahoma, Alabama, Iowa, Ohio, Arkansas, Louisiana e Tennessee - parecerem estar manipulando as medidas contra a crise da Covid-19 para restringir o acesso a cuidados de saúde essenciais".

"Lamentamos que os estados acima mencionados, com um longo histórico de práticas restritivas contra o aborto, pareçam estar manipulando a crise para restringir severamente os direitos reprodutivos das mulheres", afirmou Elizabeth Broderick, vice-presidente do grupo de trabalho da ONU sobre discriminação contra mulheres.

Segundo Elizabeth, esse é o exemplo mais recente de um padrão de retrocessos no atendimento legal ao aborto nos EUA. "Tememos que, sem clara vontade política de reverter essas tendências restritivas, estados continuem seguindo esse padrão".

"Reiteramos que os serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo o acesso ao aborto legal e seguro, são essenciais e devem permanecer um componente-chave das prioridades da ONU em suas respostas à pandemia do Covid-19", disse ela.

13 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]
Tudo sobre:

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 13 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • S

    Somente Verdades

    ± 3 horas

    EXTRA EXTRA, ACABARAM DE INVENTAR UM MÉTODO REVOLUCIONÁRIO CHAMADO PRESERVATIVO, JUNTAMENTE A OUTRO CHAMADO ANTI-CONCEPCIONAL ! NÃO É MAIS PRECISO ESQUARTEJAR FETOS !! EXTRA EXTRA !!!!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • P

    Paulista

    ± 5 horas

    A ONU deveria se lamentar de não ter procedido de maneira correta quando do início das contaminações do COVID-19.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ANDERSON FERNANDO DA SILVA

    ± 6 horas

    A Organização das Nações Unidas - ONU já faz tempo que caiu em descrédito, se é que já teve algum. Com termos suaves esconde ações grotescas e desumanas da ala progressistas, apoiadas por "especialistas" no intuito de convencer governos e populações de que suas propostas são benéficas e seguras. Como sempre, a tal seção dos "Direitos Humanas" não tem nada de humana na ONU.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Maria Dulce de Lima

    ± 8 horas

    Apoiado! Todos os países deveriam deixar de repassar dinheiro p esse ninho esquerdista e assassino

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MAURICIO FABIANO MAZUR

    ± 18 horas

    O.N.U inimiga declarada da humanidade !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSÉ CARLOS

    ± 19 horas

    ONU pregando morte de indefesos revela a insignificância dessa “ONG”

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • I

    Ivo

    ± 21 horas

    Direitos humanos da onu? Matar virou direito?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MORALES

    ± 21 horas

    "Fique em casa sempre! A menos que vc tenha que matar uma criança rapidinho." Essa instituição infame quer implantar a nível global sua pauta esquerdista. O pior é que gente séria e íntegra cai na conversa deles como um patinho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    Leonardo Santana

    ± 22 horas

    A ONU TEM QUE ACABAR! E basta cortar o dinheiro dela! Deixem que os países autoritários e revolucionários banquem suas próprias pautas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J.A.O

    ± 23 horas

    ""Reiteramos que os serviços de saúde sexual e reprodutiva, incluindo o acesso ao aborto legal e seguro, são essenciais e devem permanecer um componente-chave das prioridades da ONU em suas respostas à pandemia do Covid-19", disse ela." O que diabos o aborto tem a ver com o combate ao corona vírus? Querem atribuir ao bb como sendo a causa da contaminação, eliminando-o a mãe esta segura e livre do vírus? Meu Deus, é muito charlatão falando e idhiotas aplaudindo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Carmo Augusto Vicentini

    ± 23 horas

    A ONU tem que acabar.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSE Z. NETO

    ± 23 horas

    Já passou da hora da ONU ser desfeita e jogada no lixo. Comecem de novo porque é um antro de gente doente e má.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.