i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Operação Mascate

PF prende 31 acusados por tráfico de drogas

Ações policiais ocorreram em três estados; entorpecentes entravam no Brasil pela fronteira e eram distribuídos em Curitiba, Londrina e Itajaí, em Santa Catarina

  • PorCélio Yano, com informações de Daniel Costa
  • 15/09/2009 21:10

Trinta e um mandados de prisão preventiva e 50 de busca e apreensão foram cumpridos ontem nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, contra suspeitos de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas. De acordo com a Superintendência da Polícia Federal (PF) do Paraná, que coordenou a ação, até as 14 horas de ontem os cinco procurados em Amambai (MS) e a pessoa suspeita em Itajaí (SC) haviam sido presos. Do total de 35 mandados de prisão, ainda faltam ser cumpridos 4, todos no Paraná. A ação segue até que todos sejam detidos. Até as 19h30 de ontem os suspeitos não haviam sido presos.

A Operação Mascate, como foi batizado o trabalho realizado na terça, contou com a participação de 107 policiais federais que fizeram buscas nas cidades de Curitiba, Pinhais, Piraquara e Fazenda Rio Grande, na região metropolitana; Londrina, no Norte do Paraná; e Foz do Iguaçu, no Oeste; além de Itajaí (SC) e Amambai (MS). Na casa de um dos presos em Curitiba, na manhã de ontem, foi encontrada a quantia de R$ 89 mil, além de duas pistolas de calibre .380 sem registro. O nome do preso não foi divulgado.

Investigações

Segundo a PF, a quadrilha está sob investigação há cerca de um ano e, desde então, 15 pessoas já foram presas em flagrante transportando carregamentos que somam um total de 100 quilos de cocaína e aproximadamente 1,4 tonelada de maconha. Conforme apontaram as investigações, a droga vinha do Paraguai e entrava no Brasil pelas cidades de Foz do Iguaçu e Amambai, e era distribuída "no varejo" nas regiões de Curitiba, Londrina e Itajaí.

Em Londrina, de 5 mandados de prisão expedidos, 4 já foram cumpridos, enquanto uma pessoa segue foragida, segundo o delegado chefe da PF, Evaristo Kuceki. Nos trabalhos de busca, veículos e documentos foram apreendidos.

Embora os indícios apontem movimentações entre diferentes países, os presos responderão pelo crime de tráfico interestadual de drogas. De acordo com a PF, a classificação mais restrita ocorre por conta de uma questão técnica: os mandados foram expedidos pela Justiça Estadual do Paraná, que não tem competência para o julgamento de crimes internacionais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.