O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, pretende se encontrar com o colega paulista, José Serra, a fim de expor sua estratégia para a realização de prévias no PSDB. Ele quer sugerir regras que minimizem eventuais desgastes e divisões na legenda em razão da disputa interna para definir o candidato à Presidência da República em 2010. A ideia era agendar o encontro para depois do Carnaval, mas como Aécio tem agenda em São Paulo nesta quinta-feira (19) é possível que o encontro seja antecipado.

Na segunda-feira (16), em jantar com o presidente do PSDB, o senador Sérgio Guerra (PE), e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Serra afirmou não ser contra a realização da consulta partidária. Aécio vinha insistindo nas prévias como única forma de escolha legítima do candidato que disputará o Palácio do Planalto.

A ideia do governador mineiro, conforme a relatou ao Estado, é encontrar Serra no Palácio dos Bandeirantes. Ele levanta dois motivos para defender que as prévias ocorram, nos finais de semana, entre setembro e outubro deste ano. Primeiro porque a pré-candidata do governo, Dilma Rousseff (PT), já está com a campanha na rua. Depois porque, em caso de haver quaisquer rusgas entre os dois pré-candidatos tucanos - o que diz achar pouco provável -, haverá mais tempo para uma cicatrização até a campanha eleitoral, que começa oficialmente no segundo semestre de 2010

Aliados de Serra, no entanto, são contrários à precipitação da disputa. O próprio governador já afirmou que pretende focar na administração do Estado de São Paulo, principalmente no momento em que o País começa a sentir efeitos da crise financeira global. De qualquer maneira, o modelo de prévias a ser seguido depende da resposta de uma consulta feita pelo PSDB ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]