Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Sarney sofreu uma crise de gastroenterite e ficou internado  em São Paulo | Renato Araújo/ABr
Sarney sofreu uma crise de gastroenterite e ficou internado em São Paulo| Foto: Renato Araújo/ABr

Brasília - O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), tirou licença médica de dez dias do comando da Casa para se recuperar de uma crise de gastroenterite – inflamação no estômago e nos intestinos.

A licença começou a contar na terça-feira e vai até a próxima quinta-feira. Sar­­­­ney iria viajar ontem para São Luís (MA), para passar esses dias com a família.

Segundo interlocutores, Sarney está bem, mas, na avaliação dos médicos, ainda precisa de repouso. Na terça-feira, o presidente do Senado recebeu alta do hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde passou por exames para avaliação do trato digestivo.

Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, os re­­sultados dos exames foram satisfatórios.

O peemedebista resolveu antecipar o check-up anual, que estava programado para daqui a 15 dias, após sofrer uma crise de gastroenterite na semana passada.

Na quinta-feira, Sarney sentiu-se mal e foi levado ao posto médico de emergência, localizado dentro do Senado. Depois, ele seguiu para o serviço médico da Casa, que fica num prédio anexo. O peemedebista ficou por cerca de quatro horas sob observação de médicos.

No departamento médico do Senado, foi submetido a exames de raio-X e a uma ecografia abdominal. Foi detectado que o parlamentar estava desidratado e os médicos medicaram soro.

No momento em que passou mal, Sarney recebia Jia Qinglin, presidente da Con­­­ferência Con­­­sultiva Política do Povo Chi­­­nês, no salão nobre da Casa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]