|
| Foto:

O Paraná é conhecido por ser o primeiro estado do país a divulgar os candidatos eleitos. Desta vez, porém, o TRE frustrou as centenas de pessoas que acompanhavam a apuração dos votos na sede do tribunal. Por mais de uma hora, os telões com o resultado das urnas em tempo real travaram em 32%. Quando foram atualizados, já com 96%, os números apontaram a reeleição de Beto Richa (PSDB) ao governo do estado, provocando gritos de "Taca-lhe pau, Beto", numa clara provocação a Roberto Requião (PMDB).

Comemorou antes da hora

O delegado da Polícia Civil do Paraná Rubens Recalcatti (PSD) chegou a dar entrevistas no TRE como candidato eleito a deputado estadual. Ele não esperava, porém, que na contagem das últimas urnas o radialista e colega de partido Luiz Carlos Martins passasse à frente por apenas dez votos.

Eleição dos selfies

Ninguém resiste à onda dos selfies. Ontem, o governador reeleito, Beto Richa, postou no Facebook foto dele com a vice, Cida Borghetti, a primeira dama, Fernanda Richa, e vários jornalistas ao fundo. "Sempre respeitei os profissionais da imprensa, que levam as informações para todos os paranaenses", escreveu Richa na rede social.

Observador

Um fato curioso chamou a atenção dos profissionais da imprensa que estavam reunidos na frente da casa do senador Roberto Requião (PMDB) à espera de um comentário do peemedebista sobre o resultado das urnas. Próximo a uma janela, no segundo andar da casa, era possível ver "alguém" bem vestido, com chapéu e óculos escuros, observando o lado de fora. Chegou a cogitar-se a hipótese de se tratar do senador. Depois de algum tempo, porém, foi possível constatar que era um boneco estrategicamente colocado no local.

Denúncia

A campanha do candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves (PSDB), fez neste domingo um apelo aos eleitores na conta dele no Facebook: que mandassem uma mensagem caso identificassem algum problema nas urnas. Segundo o post, o PSDB recebeu denúncias de problemas no processo eleitoral. "Algumas pessoas relatam que, após adicionarem o número, a foto de Aécio Neves não aparece; outras relatam que ao votarem em Aécio aparece a indicação de voto nulo", dizia a mensagem. Os relatos vieram de três estados: Minas Gerais, Rio de Janeiro e Tocantins.

Tribunais

Outra denúncia feita por Aécio durante a campanha terminará em processo contra ele. Os Correios informaram que vão ajuizar hoje uma ação contra o tucano e os partidos que o apoiam por acusarem a estatal de cometer crime eleitoral na distribuição de material de campanha. Em entrevistas, Aécio declarou que santinhos de sua coligação não foram regularmente enviados em Minas, o que teria favorecido a candidatura de políticos rivais.

Voto não tem preço

Um senhor de 89 anos que sofre de Mal de Parkinson não abriu mão de participar da eleição. Mesmo com condições físicas debilitadas por causa da doença, além da não obrigatoriedade de votar, contratou uma ambulância no valor de R$ 120 para ir de casa até o local de votação. A cena foi presenciada na cidade de Santa Maria (RS).

Pinga-fogo

"Vou pedir música no Fantástico com três eleitos, né?"

Deputado federal Ricardo Barros (PP) sobre a vitória nas urnas da família. Além dele, a esposa, Cida Borghetti (Pros), e a filha Maria Victoria (PP) se elegeram vice-governadora e deputada estadual, respectivamente.

Colaboraram: Katna Baran, Euclides Lucas Garcia e Guilherme Voitch

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]